Retrato de Homem Vestido de Azul, Ticiano Veccellio

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > Retrato de Homem Vestido de Azul, Ticiano Veccellio
Retrato de Homem Vestido de Azul, Ticiano Veccellio

Esta ignorada personagem foi durante muito tempo e erroneamente identificada com o poeta Ludovico Ariosto; mas talvez se trate de um autorretrato juvenil, um exemplo soberbo da precoce habilidade de Ticiano Veccellio para o retrato, o gênero que lhe trará a notoriedade internacional.

Ele rompe as barreiras espaciais e psicológicas entre o retratado e quem o observa, projetando o primeiro no espaço dos observadores; subverte a convenção veneziana do parapeito, atrás do qual se colocava o modelo, objeto passivo, como acontece no quadro O Doge Leonardo Loredan, de Giovanni Bellini, exposto na mesma coleção londrina.

O antebraço forma um bloco piramidal modelado pela luz de encontro ao fundo uniforme: o cinzento-azulado furta-cor da manga acompanha a força do braço e forma, com exata precisão, a vibrante luminosidade do suntuoso tecido, do qual emerge a brancura da camisa.

A seda pespontada da veste apoia-se na balaustrada, marcando a sombra, e a volumosa massa pictórica transfigura-a num objeto tridimensional, verdadeira protagonista deste “retrato de uma manga.

Rembrandt inspirou-se nesta pintura para os seus autorretratos, entre os quais o quadro Autorretrato com 34 anos, de 1640, também presente na National Gallery, depois de tê-lo admirado em Amsterdã na coleção do comerciante português Lopes.

Retrato de Homem Vestido de Azul, c.1510, óleo sobre tela, 81 x 66 cm, Ticiano Veccellio, National Gallery, Londres.

Agora que você sabe mais detalhes sobre esse quadro de Ticiano Veccellio, experimente fazer uma releitura dele ou criar uma retrato de alguém que você considera famoso.

Fotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *