Sala dos Professores

História das Artes > Arquivo "Sala dos Professores"
A Sesta, Sorolla
   

A Sesta, Sorolla

Esta tela se encontra entre as obras pertencentes a seu último período, que vai de 1911 a 1920. Durante estes anos, Sorolla ocupa quase todo seu tempo em uma magna empresa: a decoração da biblioteca de The Hispanic Society of America sobre as províncias da Espanha. Continue Lendo

Tipos Característicos de Alcarria, Sorolla
   

Tipos Característicos de Alcarria, Sorolla

Sorolla assinou um contrato em novembro de 1911 para realizar a decoração da biblioteca da Hispanic Society de Nova Iorque. Durante os anos 1912 e 1913, o artista se encontra realizando os estudos para o primeiro painel desta decoração. O tema deste painel está dedicado a refletir a região castelhano-leonesa. Continue Lendo

O Grito do Palleter, Sorolla
   

O Grito do Palleter, Sorolla

Sorolla pintou seu primeiro quadro de história O Dois de Maio, em 1884. Realizou-o ao ar livre, nos corredores da Praça de Touros de Valença. Esta maneira de pintar ao ar livre chamou a atenção do público na Exposição Nacional de Belas Artes de Madri, obtendo então a segunda medalha. Continue Lendo

A Trança, Renoir
   

A Trança, Renoir

A modelo Suzanne Valadon, que já havia aparecido em outras obras de Renoir, posou para esta obra. Nela, apresenta-se uma moça recolhendo o cabelo em uma trança, em uma atitude de total concentração. Continue Lendo

Tesouros do Acervo – Petit Palais – Paris
   

Tesouros do Acervo – Petit Palais – Paris

O que é acervo: significa grande quantidade de algo, abundância.

É uma palavra proveniente do termo latino acervus (coleção).

Em geral, a palavra é utilizada para fazer referência a uma coleção de obras ou bens que fazem parte de um patrimônio, seja de propriedade privada ou pública. Continue Lendo

Retrato de Leão X com Dois Cardeais, Rafael Sanzio
   

Retrato de Leão X com Dois Cardeais, Rafael Sanzio

Por volta de 1518-1519, Rafael executa um retrato de Leão X, papa sucessor de Júlio II. Nele, o pontífice aparece sentado diante de sua mesa de trabalho e rodeado pelos cardeais Giulio de Médici, que seria o futuro Clemente VII e Lourenço Rossi. Vasari descreveu detalhadamente a obra desta forma: “… se veem estas figuras, como se não estivessem pintadas, mas sim de inteiro relevo; parece que se pode tocar o veludo Continue Lendo

Margaret Mee – Artista dedicada à botânica da Amazônia.
   

Margaret Mee – Artista dedicada à botânica da Amazônia.

Margaret Ursula Mee , nasceu em Chesham, 22 de maio de 1909, foi uma artista botânica inglesa que se especializou em plantas da Amazônia brasileira .

Estudou arte na “St. Martin’s School of Art”, no “Centre School of Art” e na “Camberwell School of Art” em Londres, recebendo o diploma de pintura e design em 1950.

Mudou-se para o Brasil com Greville, seu segundo marido, em 1952 para ensinar arte na Escola Britânica de São Paulo, tornando-se uma artista de botânica pelo Instituto de Botânica de São Paulo em 1958, explorando a floresta tropical e mais especificamente o estado do Amazonas, a partir de 1964, pintando as plantas que viu e colecionando algumas para posterior ilustração. Continue Lendo

Verão, Sorolla
   

Verão, Sorolla

A partir de 1903 começa sua ampla série de obras sobre cenas nas praias levantinas que passarão a ser as mais representativas de sua ampla produção. A tela de grandes medidas é uma exceção ao formato habitual que costumava utilizar para obras sobre esta temática. Continue Lendo

Como fazer carimbos com folhas
   

Como fazer carimbos com folhas

Nas atividades de Arte a inspiração de cada estação do ano servem para obter um ótimo repertório de conteúdo e ideias para lindos trabalhos.

O outono, por exemplo, favorece a queda natural de folhas com diversos formatos e tamanhos facilitando a escolha e a coleta, para material das atividades.

Com o objetivo de explorar diversos materiais e texturas, a atividade traz o lúdico e o estímulo para que o artista possa elaborar suas criações.

Proposta: composição de imagens a partir do carimbo de folhas.


Material:
Papel sulfite ou caderno de desenho;
Folhas coletadas;
Tinta guache;
Lápis de cor ou giz de cera.

Como fazer:
Escolha as folhas para fazer sua composição;
Escolha as cores que você utilizará para carimbar;
Passe tinta delicadamente na folha escolhida;
Colocar sobre o papel e passar a mão por cima da folha para que imprima no papel o seu formato e ranhuras;
Vá escolhendo outras folhas e vá carimbando o seu desenho, usando cores diferentes para trazer mais dinamismo a sua composição.

Dicas:
– use várias cores sobre a mesma folha, o efeito fica muito interessante;


– faça um fundo na sua composição com carimbos de folhas com giz de cera para dar um acabamento ao seu trabalho;

– Uma guirlanda com folhas carimbadas:


Seu trabalho pronto, fotografe a sua obra e disponibilize nas mídias sociais #historiadasartestalento.