Barroco

História das Artes > Posts com a tag "Barroco"
Mesquita-Catedral de Córdoba

Mesquita-Catedral de Córdoba

A grande mesquita de Córdoba, que tem 12 séculos, representava o poder do Islã na Península Ibérica. Abd al Rahman I construiu o tempo original entre 785 e 787. O edifício evoluiu ao longo dos séculos, misturando muitas formas arquitetônicas. No século 10, al Hakam II fez alguns dos acréscimos mais luxuosos, incluindo o elaborado mihrab (nicho de oração) e a maqsura (recinto do califa). No século 16, uma catedral foi erguida no coração do edifício, então reconsagrado. Parte da mesquita foi destruída.

Continue Lendo

O Estúdio do Artista, Johanes Vermeer

O Estúdio do Artista, Johanes Vermeer

É típico de Vermeer o olhar íntimo sobre o relacionamento entre das pessoas, a meticulosa observação da luz e a manipulação precisa das cores. Além de visualmente sedutora, esta obra é cheia de emblemas e alusões à vida contemporânea – em especial, às conquistas e o status do pintor e da arte da pintura na Holanda seiscentista.

Continue Lendo

Dama de Pé ao Virginal, Johannes Vermeer

Dama de Pé ao Virginal, Johannes Vermeer

Neste quadro como no exposto ao seu lado na mesma galeria, o tema musical é predominantemente: Vermeer, sincero amante da música, pintou com muita frequência instrumentos e músicos, não em concertos ou sonatas em presença do público, mas na solidão doméstica, vivida como uma emoção interior para ser partilhada com as pessoas mais íntimas. Continue Lendo

Dama Sentada ao Virginal, Johannes Vermeer

Dama Sentada ao Virginal, Johannes Vermeer

O quadro fazia parte, juntamente com a Dama de Pé ao Virginal, exposto ao lado na mesma galeria, de idêntica dimensão e tema semelhante, da coleção do crítico de arte francês Théophile Thoré, que em 1866 proporcionou a descoberta de Vermeer, esquecido há quase dois séculos na imensa produção holandesa.

Continue Lendo

Johannes Vermeer

Johannes Vermeer

Vermeer teria realmente existido? Está questão persistiu durante muito tempo, devido à escassez de dados a seu repeito. Dele – cujo prenome Johannes ou Joannis costumava-se abreviar para Jan – há um primeiro registro: seu batismo, em 31 de outubro de 1632, na cidade de Delft, onde nasceu. Era o segundo filho de Reynier Janszoon e Digna Balthasars. Quando estava com 15 anos, seu pai adotou o sobrenome de Van der Meer ou Ver Meer, pelo qual seria conhecido. Reynier fora tecelão de seda, dono de uma estalagem e também comerciante de arte. Continue Lendo

A Ceia de Emaús, Caravaggio

A Ceia de Emaús, Caravaggio

Caravaggio morou, em 1601, no palácio do cardeal Gerolamo Mattei, em Roma, e executou algumas das telas para a família patrícia, entre as quais esta, o São João Batista, que se encontra na Pinacotera Capitolina de Roma e a Captura de Cristo, na National Gallery de Dublin. Continue Lendo

David Vence Golias, Caravaggio

David Vence Golias, Caravaggio

Em princípios do século 17, a revolucionária vitalidade e natureza do estilo de Caravaggio vai não só colocar fora de jogo os mais reputados representantes do maneirismo tardio romano como suscitar um eco tão amplo que irá envolver inúmeros artistas italianos e estrangeiros em Roma e em quase toda a Europa.

Continue Lendo