Ready Made in Brasil

História das Artes > Posts com a tag "Ready Made in Brasil"
Exposição Ready Made in Brasil – Centro Cultural Fiesp – São Paulo

Exposição Ready Made in Brasil – Centro Cultural Fiesp – São Paulo

A mostra Ready Made in Brasil celebra o centenário da obra Fonte de Marcel Duchamp, primeiro de seus readymades apresentado ao público, e sua ressonância na produção artística brasileira

Neste ano, Fountain (Fonte, 1917), obra ícone de Marcel Duchamp, completa 100 anos desde que foi apresentada, de forma anônima, como um objeto de arte no importante Salão dos Artistas Independentes de Nova York.

Anos antes, Duchamp já havia introduzido o conceito de readymade para classificar alguns de seus trabalhos, cuja proposta consistia na apropriação de objetos comuns, sem um valor estético específico, como obras de arte, deslocadas para o espaço expositivo.

O readymade pode ser compreendido como um gesto, uma ferramenta ou ação duchampiana, que busca questionar o próprio sistema de arte vigente, e, para alguns teóricos,

Fonte (1917) é o principal ponto de virada  da arte produzida até os dias atuais.

Entre os anos de 1960, a partir dos (pop)concretos e neoconcretos, o readymade é introduzido no Brasil e, desde então, está presente na produção de todas as gerações seguintes de artistas, que frequentemente recorrem ao procedimento duchampiano para realizar suas criações.

A exposição busca criar uma espécie de linha do tempo desta presença nas diferentes gerações de artistas a partir da inserção de trabalhos históricos e icônicos de diferentes períodos.

Com curadoria de Daniel Rangel, a exposição “Ready Made in Brasil” traz um panorama da influência do readymade na produção artística brasileira de diferentes gerações, partindo dos anos 1960, até o presente.

Os conceitos de apropriação e deslocamento, bases do readymade, são os eixos condutores da exposição, que reúne 50 artistas.

“A escolha dos artistas e obras que compõe a mostra se constitui a partir de dois eixos centrais: a proximidade direta com a obra de Duchamp e a conexão com o universo da indústria e da construção civil, ressaltado pelo espaço cultural que abriga a mostra”, afirma o curador.

Daniel Rangel ainda destaca que o próprio título da mostra é, em si, um readymade, algo que surge da fusão e da apropriação de dois termos populares: readymade e made in Brasil.

A mostra está espacialmente distribuída a partir de aspectos que consideram tanto cronologia quanto os procedimentos e materiais dos trabalhos dos artistas, com o intuito de permitir que o espectador crie circuitos diversos no mesmo ambiente: obras de artistas históricos do começo dos anos 1960 estão dispostas ao lado de produções recentes e algumas inéditas de artistas mais jovens.

Ready Made in Brasil

Local: Galeria de Arte do Centro Cultural Fiesp
Avenida Paulista, 1313 – São Paulo – SP
Diariamente, das 10h às 20h
Até 28 de janeiro de 2018
Entrada gratuita

Fique atento. Os horários podem sofrer alterações. consulte sempre o site oficial da instituição.