Paul Cézanne

História das Artes > Posts com a tag "Paul Cézanne"
Maçãs e Laranjas, Paul Cézanne

Maçãs e Laranjas, Paul Cézanne

É uma das suntuosas naturezas-mortas de Cézanne e vale como um inventário estético: a autonomia expressiva é total, não existindo nenhum intuito naturalista: os vários planos e perspectivas se somam numa antecipação cubista de sensações de cor e forma; tonalidades quentes – amarelo, ocre e vermelho – pulsam dentro do contorno sóbrio das circunferências que as limitam. Pintada em Continue Lendo

A Montanha de Santa Vitória, Paul Cézanne

A Montanha de Santa Vitória, Paul Cézanne

Cézanne foi obcecado pela imponência dessa montanha, e pintou-a mais de sessenta vezes entre desenhos e pinturas, com crescente liberdade. Continue Lendo

Paul Cézanne

Paul Cézanne

Paul Cézanne nasceu a 19 de janeiro de 1839, em Aix-en-Provence, pequena cidade da região mediterrânea francesa. Seu pai, Louis-Auguste Cézanne, era um próspero chapeleiro que, em 1848 fundou com um sócio o Banco Cézanne & Cabassol, o único existente em Aix, cujo crescimento trouxe fortuna à família. A mãe, Anne-Elisabeth-Honorine Aubert, havia sido operária da fábrica de chapéus de Louis-Auguste, com quem se casou em 1844, quando Paul já tinha 5 anos. Continue Lendo

As Grandes Banhistas, Paul Cézanne

As Grandes Banhistas, Paul Cézanne

Nos últimos anos de vida, Paul Cézanne conservou sempre, na solidão do seu ateliê de Aix-en-Provence, três quadros de grande dimensão que representavam um grupo de nus femininos em uma paisagem. Continue Lendo

Carta a Cézanne, de Émile Zola

Carta a Cézanne, de Émile Zola

“Sinto uma alegria intensa, meu amigo, em conversar a sós com você. Não imagina o quanto sofri durante o debate que acabo de manter com a multidão, com desconhecidos; sentia-me pouco compreendido, sentia um tal ódio em torno de mim, que, muitas vezes o desânimo fazia com que a pena me caísse da mão. Continue Lendo

Natureza-Morta com Molde de Gesso, Paul Cézanne

Natureza-Morta com Molde de Gesso, Paul Cézanne

A obra de Cézanne ficou praticamente desconhecida durante quase toda sua vida, exceto por alguns artistas e colecionadores dedicados. Entretanto, pouco depois da sua morte ele começou a ser reconhecido como um dos verdadeiros gigantes, cujo trabalho foi ão influente e essencial que mudou todo aspecto e o direcionamento da arte. Continue Lendo

Cézanne: o precursor do Cubismo

Cézanne: o precursor do Cubismo

Na França de 1870, Cézanne era conhecido como um artista subversivo, de difícil temperamento, que quebrou com a visão estereotipada de que a obra de arte tinha de ser uma cópia da realidade. Continue Lendo

Paul Cézanne e os Velhos Mestres

Paul Cézanne e os Velhos Mestres

O encontro e a correspondência que o artista trocou com o critico Émile Bernard, serviu de base para vários artigos de Bernard, nos quais essas ideias foram descritas.

Em “Une conversation avec Cézanne”, publicado no Mercure de France, em 1º de junho de1921, págs.372-397. Continue Lendo

Cenas francesas pelos artistas impressionistas

Cenas francesas pelos artistas impressionistas

Com cavalete plantado no Jardim do Trocadéro, o pintor Louis Welden Hawkins reproduziu, em pinceladas marcadas e cores luminosas, a Paris que via pela frente. A base da então recém inaugurada Torre Eiffel, a Escola Militar e o Campo de Marte ao fundo. Continue Lendo