As flores do jardim de Claude Monet

História das Artes > Sala dos Professores > As flores do jardim de Claude Monet
As flores do jardim de Claude Monet

Ao falar de flores em artes é difícil não associar as obras de Claude Monet e seus lindos jardins na cidade de Giverny nos arredores de Paris.

Mesmo vivido no século 19 e início do 20, a linda casa e os maravilhosos jardins estão abertos a visitação.

Impossível não sentir-se bem neste lugar, quer pela memória afetiva que liga os apreciadores à obra do consagrada artista, quer pela beleza harmoniosa de jardins diuturnamente bem cuidados, ou pela imensa vontade de fotografar cada detalhe, cada cantinho da casa  ou dos imensos jardins.

São tantas flores em uma exuberância de cores que deixa os visitantes inebriados com tantas variedades.

Os admiradores das obras de Monet podem visitar seus quadros nos Museu Marmottan, Museu D’Orsay, Orangerie com as imensas telas da série das Ninféias e tantos museus ao redor do mundo.

Mas, a visita aos jardins e a casa na qual viveu parte da sua vida traz uma vivência pessoal inesquecível ao pisar e percorrer pelos caminhos onde vivia esse grande artista e sua obra tão peculiar, repleta de cores, da luz do sol, dos efeitos da névoa e da transparência da água.

Sua casa  rodeada por uma profusão de flores, detalhes da sala de jantar e da cozinha.

O lago inúmeras vezes representado na obra de Monet.

A Ponte Japonesa tantas vezes retratada e atualmente muito fotografada, ao fundo.

Detalhe da Ponte Japonesa com uma linda moldura de flores.

Algumas flores destacadas e que podemos ver nas obras de Claude Monet como ele as enxergava sob a luz do sol ou sobre a transparência da água do lago.

Vale a pena presenciar lugar tão bonito e tão apreciado pelos apreciadores da obra do grande artista Claude Monet e ainda tem um espaço encantador para os visitantes fazerem um agradável piquenique em meio à natureza.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *