Casa Minoica, Museu Arqueológico de Heraklion

História das Artes > Sala dos Professores > Casa Minoica, Museu Arqueológico de Heraklion
Casa Minoica, Museu Arqueológico de Heraklion

A Civilização Minoica surgiu durante a Idade do Bronze Grega em Creta, a maior ilha do mar Egeu. O termo minoico foi cunhado por Arthur Evans e deriva do nome do rei mítico Minos. Este foi associado ao mito grego do labirinto, que Evans identificou como o sítio de Cnossos. A cultura Minoica foi muito significativa no Mar Egeu e gerou um legado que se associou com a cultura dos povos gregos gerando a Civilização Micênica.

A imagem trata do modelo tridimensional em argila de uma casa com varanda (Archanes, 17o0 a.C.). O prédio apresenta as principais características da arquitetura minoica, como as paredes de ashlar, as janelas com divisórias, o corredor interno, uma sala central com colunas e uma varanda em colunas com balaustrada. O abrigo é uma reconstrução moderna.

Os blocos ashlar foram utilizados na construção de muitos edifícios como alternativa ao tijolo ou a outros materiais.

O termo é frequentemente usado para descrever o trabalho de pedra revestida realizado da Grécia pré-histórica e em Creta, embora os blocos revestidos sejam geralmente muito maiores do que o moderno ashlar.

Por exemplo, os túmulos tholos de Mycenae da Idade do Bronze usam alvenaria de sementes na construção da chamada abóbada de “colméia”. Esta cúpula consiste em blocos de ashlar finamente cortados que diminuem de tamanho e terminam em uma pedra angular central. Essas cúpulas não são cúpulas verdadeiras, mas são construídas usando o arco corbel.

A alvenaria ashlar também foi fortemente usada na construção de fachadas de palácios em Creta, incluindo Knossos (Cnossos) e Phaistos. Essas construções datam cerca 1700-1450 a.C.

Maquete de barro da arquitetura minoica, Museu Arqueológico de Heraklion, Creta, Grécia. Foto: Simone R. Martins

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *