Autor: Simone Martins

História das Artes > Artigos postados por Simone Martins
A Sesta, Sorolla
   

A Sesta, Sorolla

Esta tela se encontra entre as obras pertencentes a seu último período, que vai de 1911 a 1920. Durante estes anos, Sorolla ocupa quase todo seu tempo em uma magna empresa: a decoração da biblioteca de The Hispanic Society of America sobre as províncias da Espanha. Continue Lendo

Tipos Característicos de Alcarria, Sorolla
   

Tipos Característicos de Alcarria, Sorolla

Sorolla assinou um contrato em novembro de 1911 para realizar a decoração da biblioteca da Hispanic Society de Nova Iorque. Durante os anos 1912 e 1913, o artista se encontra realizando os estudos para o primeiro painel desta decoração. O tema deste painel está dedicado a refletir a região castelhano-leonesa. Continue Lendo

O Grito do Palleter, Sorolla
   

O Grito do Palleter, Sorolla

Sorolla pintou seu primeiro quadro de história O Dois de Maio, em 1884. Realizou-o ao ar livre, nos corredores da Praça de Touros de Valença. Esta maneira de pintar ao ar livre chamou a atenção do público na Exposição Nacional de Belas Artes de Madri, obtendo então a segunda medalha. Continue Lendo

A Trança, Renoir
   

A Trança, Renoir

A modelo Suzanne Valadon, que já havia aparecido em outras obras de Renoir, posou para esta obra. Nela, apresenta-se uma moça recolhendo o cabelo em uma trança, em uma atitude de total concentração. Continue Lendo

Retrato de Leão X com Dois Cardeais, Rafael Sanzio
   

Retrato de Leão X com Dois Cardeais, Rafael Sanzio

Por volta de 1518-1519, Rafael executa um retrato de Leão X, papa sucessor de Júlio II. Nele, o pontífice aparece sentado diante de sua mesa de trabalho e rodeado pelos cardeais Giulio de Médici, que seria o futuro Clemente VII e Lourenço Rossi. Vasari descreveu detalhadamente a obra desta forma: “… se veem estas figuras, como se não estivessem pintadas, mas sim de inteiro relevo; parece que se pode tocar o veludo Continue Lendo

Verão, Sorolla
   

Verão, Sorolla

A partir de 1903 começa sua ampla série de obras sobre cenas nas praias levantinas que passarão a ser as mais representativas de sua ampla produção. A tela de grandes medidas é uma exceção ao formato habitual que costumava utilizar para obras sobre esta temática. Continue Lendo

As Banhistas, Renoir
   

As Banhistas, Renoir

Renoir começou esta tela em 1918 e terminou-a no meio de fortes dores, em 1919, poucos meses antes de sua morte. Nela ele torna a tratar pela última vez seu tema mais constante: o nu feminino, que ele tanto gostava de expressar em quadros protagonizados por jovens banhistas.

Continue Lendo

A Igreja de Cagnes, Renoir
   

A Igreja de Cagnes, Renoir

Esta paisagem, pintada em 1905, representa a igreja de Cagnes, pequeno povoado da Costa Azul francesa, próximo a Antibes. Este foi o lugar onde a família Renoir estabeleceu definitivamente sua residência devido ao cálido clima daquele lugar. Continue Lendo