Museu de Arte da Bahia

História das Artes > Museus > Museu de Arte da Bahia
Museu de Arte da Bahia

Conhecido como MAB é um museu público estadual localizado na cidade de Salvador. Fundado em 1918, é o mais antigo museu da Bahia e um dos dez primeiros fundados no Brasil.

Estabelecido segundo o modelo de museu enciclopédico, sob a denominação de Museu do Estado, a instituição surgiu como depositária do patrimônio histórico, etnográfico e científico da Bahia, especializando-se gradualmente nas décadas seguintes como um espaço museológico devotado às artes visuais e decorativas.

O Palácio da Vitória, atual sede do Museu de Arte da Bahia, localiza-se na Avenida Sete de Setembro, no trecho conhecido como “Corredor da Vitória”, no bairro homônimo de Salvador.

O local é uma área de destaque na cidade por ter abrigado, até meados do século XX, mansões pertencentes a famílias tradicionais da sociedade baiana.

Nos espaços internos dos dois andares do edifício, destaca-se a decoração em azulejos. O hall do andar térreo é revestido com silhares de azulejos azuis e brancos do século XIX.

Espalhadas pelo hall, encontra-se uma série de estátuas em mármore, incluindo-se quatro obras alegóricas das estações, que originalmente decoravam a balaustrada da Praça Municipal, nos arredores do Elevador Lacerda.

O auditório é revestido por painéis de azulejos em estilo neoclássico, provavelmente fabricados pela Real Fábrica do Ratode Lisboa, representando medalhões ovais com paisagens e cenas bucólicas circunscritos por guirlandas, além de outros painéis de azulejos amarelos e brancos, procedentes da Fábrica das Devesas do Porto, também do século XIX.

A sala da diretoria é decorada com painéis de azulejos portugueses seiscentistas em padrão “tapete”, nas cores amarelo, azul e branco.

Possui um acervo composto por aproximadamente 5 000 obras de grande valor histórico e artístico, formado por meio da reunião de diversas coleções organizadas na Bahia desde meados do século XIX, como as de Jonathas Abbott e de Góis Calmon, ambas adquiridas pelo governo baiano.

A coleção abarca pinturas da escola baiana e de artistas estrangeiros, datadas do século XVI em diante, imaginária do período colonial e um amplo conjunto de artes decorativas, com peças brasileiras, europeias e orientais.

Possui também um rico acervo documental, composto por fotografias, mapas, correspondências, etc.

Nas últimas décadas, a política de ampliação do acervo desenvolvida pelas sucessivas gestões do museu tem buscado preencher lacunas significativas nas coleções de pintura, escultura e artes decorativas, notadamente no que se refere ao núcleo de pintura baiana do século XX, bem como a introduzir novos núcleos de colecionismo.

Destaca-se, nesse sentido, a coleção de têxteis e indumentárias, cujo desenvolvimento foi bastante incentivado graças ao aumento de doações que se seguiram a uma mostra temporária sobre roupas infantis, sediada no museu na década de 1990.

O espaço é dotado de uma biblioteca especializada, com cerca de 12 000 livros, e auditório.

O MAB sedia exposições permanentes e temporárias e organiza múltiplas atividades culturais, como cursos, ciclos de conferências, apresentações musicais e exibição de filmes.

agenda

Museu de Arte da Bahia. Avenida Sete de Setembro, 2340, Corredor da Vitória – Salvador – BA. Aberto de terça a sexta, das 13h às 19h, sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h.

 

Fique atento! Horários podem mudar sem aviso prévio. Consulte sempre os sites oficiais.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *