Museu do Índio de Manaus

História das Artes > Museus > Museu do Índio de Manaus
Museu do Índio de Manaus

O Museu do Índio de Manaus é o maior e mais amplo museu da história indígena no Brasil. O Museu tem em seu acervo cerca de três milhares de peças produzidas por tribos da Amazônia.

Entre os objetos encontram-se utensílios domésticos, armas, adornos e instrumentos musicais. É mantido pela Congregação das Irmãs Salesianas de Manaus.

Foi fundado em 1952, uma ação atribuída à irmã missionária Maddalena Mazzone e possui acervo formado por mais de 3.000 mil peças do universo indígena dos povos do alto rio Negro.

O acervo está distribuído em seis salas que apresentam materiais que contam sobre o modo de vida indígena por meio de seus adornos, utensílios, instrumentos.

Nas salas se pode obter por meio dos materiais expostos, uma visão da vida de homens e mulheres no ambiente das aldeias.

O Acervo foi sendo construído durante as missões Salesianas em meio as etnias dos índios Tukano, Yanomani e outros.

O Museu possui uma pequena biblioteca, voltada para a temática dos povos indígenas. O espaço está aberto à público.

“O ritual fúnebre, o ritual do pega-moça e da zarabatana, para pegar o animal da caça, são os que mais causam curiosidade nos visitantes.

O ritual fúnebre consiste em uma cerimônia de danças onde o morto é colocado dentro da sua canoa e é celebrado pelos outros integrantes da tribo. É um ritual onde a morte é celebrada alegremente. Logo após, o corpo dentro da canoa é deixado no rio para ser levado pelas águas.”

Algumas das peças expostas no museu são peças centenárias e foram doados por arqueólogos.

Outros objetos expostos são originalmente feitos por indígenas das tribos do Alto Rio Negro.

O acervo está em exposição para fins educativos, de pesquisa e turístico.

A visitação é feita juntamente com uma guia que explica o acervo e conta tudo sobre as tribos indígenas do Alto Rio Negro.

 

agendaMuseu do Índio de Manaus. Rua Duque de Caxias, 356 – Manaus.Aberto de segunda a sexta, das 8h30 às 11h30 e das 14h às 16h30; sábados: das 8h30 às 11h30.

 

Fique atento! Horários podem mudar sem aviso prévio. Consulte sempre os sites oficiais.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *