Museu La Chascona e Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana

História das Artes > Museus > Museu La Chascona e Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana
Museu La Chascona e Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana

Aproveitei minha estada em Santiago para visitar dois museus muito interessantes: o Museu Pablo Neruda “La Chascona” e o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana.

Antes de falar sobre “La Chascona”, vale lembrá-los da importância do poeta Pablo Neruda, que ganhou o Premio Nobel de Literatura em 1971 e, além de poeta, teve outras atividades como as de Embaixador na França e Senador da República no Chile. Também se casou três vezes e as suas esposas foram María Antonieta Hagenaar, Delia del Carril e Matilde Urrutia.

Em 1953, ele construiu sua casa em Santiago apelidada “La Chascona”, inspirado nos grandes cachos dos cabelos de Matilde sua amante.

Foto: Simone R. Martins
Foto: Simone R. Martins

O Museu “La Chascona”, declarado Monumento Histórico em 1990, possui uma curiosa e particular arquitetura (baseada em barcos), que obriga a quem o visita, percorrer as alamedas e pavilhões, desfrutando seus charmosos jardins e tendo como pano de fundo a Cordilheira dos Andes. Em seu interior pode-se ver valiosos objetos que pertenceram ao poeta. Lá também se encontra grande parte de sua pinacoteca, composta por quadros de Diego Rivera, Siqueiros, Fernand Léger, José Pancetti, Mario Carreño, Picasso entre outros.

Durante essa visita, lembrei do filme O Carteiro e o Poeta (Il Postino, 1994) que conta sua história numa ilha na Itália com sua terceira mulher Matilde. No filme Neruda torna-se amigo de um carteiro que lhe pede para ensinar a escrever versos para poder conquistar uma bonita moça do povoado.

A Fundação Neruda cuida e administra as três Casas Museus de Pablo Neruda no Chile: “La Chascona”, em Santiago; “La Sebastiana”, em Valparaiso; e “Isla Negra”, que fica na cidade de mesmo nome.

Foto: Simone R. Martins
Foto: Simone R. Martins

Me surpreendi com a riqueza das peças do Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana, pois possui uma coleção de peças de metais, cerâmicas e tecidos provenientes das diversas culturas e civilizações pré-colombianas das América Central e da América do Sul. Estão muito bem organizadas, permitindo ao visitante apreciar as obras e ler as detalhadas informações sobre a respectiva civilização e sua cultura. Especificamente sobre o Brasil, encontrei uma vitrine com algumas cerâmicas Marajoaras.

A cultura Marajoara foi desenvolvida no conjunto de ilhas que se encontram na foz do rio Amazonas, em especial na grande ilha de Marajó. Os objetos de pedra e cerâmica são as únicas coisas que sobreviveram à ação destrutiva da humanidade. A cerâmica, em particular, foi decorada com uma combinação de várias técnicas, como a incisão, gravura, pintura e modelagem. 

Visite os sites oficias de ambos os museus para saberem mais sobre eles e também se deliciarem com as belas imagens.

LaChasconaMuseuPreColombiano

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *