Autor: Margaret Imbroisi

História das Artes > Artigos postados por Margaret Imbroisi
Ermelindo Nardin-Rastros da Paisagem – Centro Cultural Fiesp

Ermelindo Nardin-Rastros da Paisagem – Centro Cultural Fiesp

A exposição reúne obras do artista Ermelindo Nardin, e releituras de sua produção realizadas pelos participantes das oficinas de arte do Instituto Olga Kos. Continue Lendo

Retratos, Diálogos da Identidade – Centro Cultural Fiesp

Retratos, Diálogos da Identidade – Centro Cultural Fiesp

Famosos e anônimos registrados pelas lentes de célebres fotógrafos

O retrato é o gênero dominante na fotografia e tem sido reconfigurado desde os primeiros passos da invenção deste meio de comunicação em 1839. Continue Lendo

Francisco Brennand – Mestre dos Sonhos – Caixa Cultural SP

Francisco Brennand – Mestre dos Sonhos – Caixa Cultural SP

A exposição “Francisco Brennand – Mestre dos Sonhos”, organizada em torno da produção do artista pernambucano reconhecido por sua arte sincrética, estreia na Caixa Cultural São Paulo, no centro da capital paulista, com entrada gratuita, no ano em que o artista completa 90 anos. Continue Lendo

São Paulo: Três ensaios visuais – Instituto Moreira Salles – SP

São Paulo: Três ensaios visuais – Instituto Moreira Salles – SP

Com curadoria de Guilherme Wisnik, assistido por Marina Frúgoli, a projeção que inaugura o Estúdio, espaço que dá acesso digital ao acervo fotográfico do IMS, é dedicada à capital paulista. Continue Lendo

O Ateliê do Artista – Gustave Courbet

O Ateliê do Artista – Gustave Courbet

Trata-se de uma das obras mais conhecidas do pintor Jean Désiré-Gustave Courbet, que foi exposta em conjunto com outras, da sua autoria, num pavilhão perto da exposição internacional, por se opor aos críticos de arte.

A obra tem como título “O Atelier do Pintor”,seguido de um subtítulo muito sugestivo:”Alegoria Real que define uma fase de sete anos da minha vida artística e moral”. Continue Lendo

Exposição A “Arte Degenerada” de Lasar Segall

Exposição A “Arte Degenerada” de Lasar Segall

A arte degenerada de Lasar Segall: Perseguição à arte moderna em tempos de guerra

No dia 19 de Julho de 1937, o governo alemão, liderado por Adolf Hitler, inaugurou, na cidade de Munique, uma grande exposição de arte moderna com cerca de 650 obras confiscadas dos principais museus públicos do país. Continue Lendo

Galeria Tátil na Pinacoteca de São Paulo

Galeria Tátil na Pinacoteca de São Paulo

A Pinacoteca de São Paulo apresenta exposição com 12 esculturas táteis, em bronze, que fazem parte do acervo do museu.

A seleção das obras foi realizada considerando a indicação do público com deficiências visuais que participou de visitas orientadas ao acervo do museu nos últimos cinco anos. Continue Lendo

Três vezes na Pinacoteca de São paulo

Três vezes na Pinacoteca de São paulo

A Pinacoteca de São Paulo recebe três novas mostras no segundo andar do prédio da Luz.

Um conjunto de pinturas de Dora Longo Bahia, na mostra “Os desastres da guerra”, uma série de fotografias de Caio Reisewitz em “Altamira” e videoinstalações do artista belga David Claerbout, na mostra “KING e The pure necessity”. Continue Lendo

Exposição Julio Le Parc da Forma à Ação no Instituto Tomie Ohtake

Exposição Julio Le Parc da Forma à Ação no Instituto Tomie Ohtake

O Instituto Tomie Ohtake traz adaptada para seu espaço a grande retrospectiva de Julio Le Parc, realizada em 2016 no Pérez Art Museum Miami (PAMM).

Com a mesma curadoria de Estrellita B. Brodsky e consultoria artística de Yamil Le Parc, a mostra em São Paulo, apresenta mais de 100 obras que trazem uma centelha de experiências físicas e visuais. Continue Lendo