As métopas do Partenon

História das Artes > Sala dos Professores > As métopas do Partenon
As métopas do Partenon
   

A métopa é um espaço existente entre dois tríglifos de um friso dórico; inicialmente era liso, depois passou a receber ornamentações. As métopas do Partenon são lajes retangulares colocadas sobre as colunas nos quatro lados do templo.

Todos as noventa e duas métopes do Partenon foram esculpidos em alto relevo com cenas da mitologia grega.

No lado oeste, as esculturas mostram combates entre gregos e amazonas, no norte, as cenas da destruição de Troia.

No lado leste, os deuses batalham com gigantes. O tema das métopas sobreviventes no lado sul é uma luta entre centauros e pessoas de Lapith, que deveriam viver no norte da Grécia.

Todos as métopes que estão expostas no British Museum mostram esse tema. A ocasião para a batalha é provavelmente o casamento de Perithoos, o rei de Lapith. Os centauros, parte homem e parte cavalo, foram convidados para a festa, mas ficaram bêbados, e aconteceu uma briga entre eles quando tentaram levar as mulheres de Lapith.

COMO CITAR?

Para citar o História das Artes como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

IMBROISI, Margaret; MARTINS, Simone. As métopas do Partenon. História das Artes, 2020. Disponível em: <https://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/as-metopas-do-partenon/>. Acesso em 31 Oct 2020.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: