Torso, Efeito do Sol, Pierre-Auguste Renoir

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > Torso, Efeito do Sol, Pierre-Auguste Renoir
Torso, Efeito do Sol, Pierre-Auguste Renoir
   

Esta obra é um dos poucos nus que Renoir realizou na sua etapa impressionista. Mas apesar de ser, de certo modo, excepcional, por seu tema, neste momento de sua carreira artística, já manifesta o interesse e a capacidade inata deste pintor para expressar o encanto feminino. Renoir começou este quadro no jardim de seu ateliê da rua Cortot, em 1875, e apresentou-o no ano seguinte, na segunda exposição dos impressionistas.

No quadro ele apresenta a figura de uma mulher jovem semi-nua, em uma postura levemente inclinada, que recorda as esculturas da Antiguidade clássica, de Vênus saindo do mar.

A figura se encontra, além disso, integrada na paisagem natural que está a sua volta, de forma tão perfeita, que causa o mesmo efeito que se se tratasse de uma figura mitológica, uma deusa da natureza representada a partir de uma linguagem visual e plástica totalmente nova.

O motivo que Renoir perseguia com esta obra era uma vez mais resolver um dos principais problemas pictóricos para os impressionistas: a figura humana na paisagem exposta à luz do dia.

Para encontrar sua particular resposta a este assunto ele escolheu o tema do nu feminino sob a luz do sol. Desta forma, ele apresentou uma figura inundada pelos pontos de luz que diluem a cor de sua pele com a do ambiente que a rodeia, à base de pinceladas fortes, rápidas e soltas, de cor amarela, azul e verde.

No entanto, os difamadores do Impressionismo receberam esta tela com duras críticas, aludindo a que parecia um corpo em estado de descomposição pelas manchas verdes e violáceas. Apesar dessas opiniões, esta impressionante obra de Renoir, expoente das teorias impressionistas, teve, rapidamente, um comprador, Caillebote, amigo e admirador dos pintores de Guerbois, e foi admitida no Salão oficial.

Em seus nus, Renoir expressa a graça da beleza feminina fazendo possível além disso, que o espectador sinta uma grata vivência ao contemplá-lo. E essa era, na realidade, sua intenção, já que na sua obra artística não nos encontramos com quadros de mulheres em atitudes de desgosto ou aborrecimento, nem com mulheres de aspecto desagradável.

Torso, Efeito do Sol, 1876, óleo sobre tela, 81 x 65 cm, Pierre-Auguste Renoir, Museu d’Orsay, Paris.

pincelAgora que você sabe mais detalhes sobre essa obra de Renoir, experimente desenvolver sua releitura sobre o tema, inspire-se nas características do Impressionismo, usando o material colorido que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas nossas redes sociais, usando  #historiadasartestalento

COMO CITAR?

Para citar o História das Artes como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

IMBROISI, Margaret; MARTINS, Simone. Torso, Efeito do Sol, Pierre-Auguste Renoir. História das Artes, 2020. Disponível em: <https://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/dorso-de-mulher-pierre-augusterenoir/>. Acesso em 27 Oct 2020.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: