Instituto Moreira Salles em São Paulo

História das Artes > Sala dos Professores > Instituto Moreira Salles em São Paulo
Instituto Moreira Salles em São Paulo

Realizando uma antiga aspiração e consolidando sua presença em São Paulo, o mais importante cenário cultural do Brasil, o Instituto Moreira Salles inaugura um novo endereço: avenida Paulista, São Paulo – SP

O novo centro cultural, com projeto do escritório Andrade Morettin Arquitetos, abriga toda a programação organizada pelo instituto na cidade.

São sete andares, todos com pé-direito duplo, em um projeto realizado a partir de conceitos sustentáveis.

Para o arquiteto Marcelo Henneberg Morettin, um dos maiores desafios foi resolver um museu vertical.

Uma das soluções encontradas foi transpor para o quarto pavimento o ambiente de entrada e convívio do centro cultural, a Praça IMS, acessível diretamente a partir do vão livre do térreo por escadas rolantes.

Além das áreas para exposições, com mais de 1200 metros quadrados, o IMS Paulista conta também com um cineteatro – onde acontecem mostras de filmes, eventos musicais, seminários e debates –, uma biblioteca de fotografia, salas de aula, uma loja/livraria e um café-restaurante .

No prédio, serão três andares com galerias, dedicados às exposições.

Para a inauguração, serão cinco mostras: Robert Frank, Os americanos + Os livros e os filmes, sobre um dos nomes mais importantes da história da fotografia.

A videoinstalação The Clock, de Christian Marclay.

Corpo a Corpo, com um recorte da produção brasileira contemporânea em fotografia, cinema e vídeo.

São Paulo, três ensaios visuais, com curadoria de Guilherme Wisnik e Câmera aberta, de Michael Wesley.

As duas últimas ocupam o Estúdio, um espaço de experimentação, onde especialistas poderão explorar o acervo do IMS através de grandes projeções fotográficas e os visitantes poderão entrar em contato com essas obras.

Ocupam os outros andares uma biblioteca de consulta totalmente dedicada à publicações fotográficas com capacidade para 30 mil títulos e um cineteatro que receberá palestras, apresentações musicais e terá uma intensa programação cinematográfica.

Em cada último domingo do mês, apresentações gratuitas de rodas de samba e choro se alternarão no térreo do prédio.

Uma parceria entre o IMs e o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) permitirá que a obra Viúva Negra, de Alexander Calder (1898-1976) fique exposta na Praça IMS.

 

A peça esteve na sede do IAB desde 1954.

 

Avenida Paulista, 2424, São Paulo/SP
De terça a domingo, das 10h às 20h; quinta, das 10 às 22h
Entrada gratuita.

Consulte a programação para horários e valores de eventos, cursos e cinema.

Fique atento! Horários podem sofrer modificações. Consulte sempre o site oficial da instituição.

 

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *