Técnicas artísticas: o esmalte

História das Artes > Sala dos Professores > Técnicas artísticas: o esmalte
Técnicas artísticas: o esmalte

A técnica do esmalte baseia-se na aplicação de uma pasta vítrea sobre um suporte metálico, geralmente ouro, prata ou bronze.

O modo de aplicar a pasta vítrea no suporte determina os distintos tipos de esmalte:

Esmalte alveolado ou cloisonné: a pasta é aplicada sobre pequeno alvéolos formados por tabiques de fios metálicos que formam desenhos;

Esmalte escavado ou champlevé: o esmalte é aplicado sobre os espaços escavados no metal com um cinzel;

Esmalte pintado: aplica-se a pasta vítrea depois de o metal ser pintado, levando-se em seguida a peça no forno.

Na época gótica, tanto os esmaltes quanto todas as artes suntuárias relacionadas à ourivesaria tiveram grande desenvolvimento ao serem aplicados na ornamentação de cálices, cruzes e relicários, entre outras peças. São de grande beleza os esmaltes de Limoges, na França.

 

COMO CITAR?

Para citar o História das Artes como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

IMBROISI, Margaret; MARTINS, Simone. Técnicas artísticas: o esmalte. História das Artes, 2020. Disponível em: <https://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/tecnicas-artisticas-o-esmalte/>. Acesso em 14 Aug 2020.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: