Das Mãos e do Barro – Cerâmica paraguaia em São Paulo

História das Artes > Sala dos Professores > Das Mãos e do Barro – Cerâmica paraguaia em São Paulo
Das Mãos e do Barro – Cerâmica paraguaia em São Paulo

A Galeria Millan, em São Paulo, está em cartaz com a exposição Das Mãos e do Barro, que apresenta cerâmicas paraguaias de tradição Guarani.

A mostra reúne mais de 100 trabalhos, de três artistas paraguaias: Julia Isídrez, Ediltrudis Noguera e Carolina Noguera.

A exposição tem curadoria de Aracy Amaral, co-curadoria do artista Osvaldo Salerno, um dos diretores do Museo del Barro, de Assunção, e participação do teórico Ticio Escobar

Nos povoados guaranis de Itá e Tobatí, no Paraguai, fazer cerâmica é um papel tradicionalmente concedido às mulheres.

De mãe para filha, o trabalho manual é ensinado e praticado em meio a tarefas diárias como cozinhar ou amamentar.

São apresentados os trabalhos das irmãs Carolina e Ediltrudis Noguera.

Carolina Noguera

Enquanto a primeira decora utensílios como vasilhas e gamelas com anjinhos satíricos, a segunda apresenta criações fartas de figuras humanas ou de animais.

As peças são mais rústicas do que as elegantes esculturas de Julia Isídrez, que embelezam a vizinha Galeria Millan.

Suas formas inventadas constroem genuínas obras contemporâneas, ela participou da Documenta de Kassel, em 2012, uma das mostras mais importantes do mundo.

Ao trazerem as peças para dentro da galeria, os organizadores fazem com que a notável montagem quebre o antigo paradigma que estabelece uma oposição entre o que seria arte e o artesanato tradicional.

“Das mãos e do barro”
Galeria e Anexo Millan, R. Fradique Coutinho, 1360, Pinheiros (SP)
De seg a sex, das 10h às 19h; Sáb, das 11h às 17h
Até 30 de setembro de 2017

Fique atento! Os horários podem sofrer alterações. Consulte o site oficial da galeria.

 

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *