Desenhando com Giz Pastel Oleoso

História das Artes > Olho-vivo > Ateliê > Desenhando com Giz Pastel Oleoso
Desenhando com Giz Pastel Oleoso

Os pastéis oleosos são fáceis para trabalhar, é um meio versátil que pode ser usado para desenhos e pinturas. Eles são feitos de cera, que é misturada com o mesmo tipo de pigmentos que tintas a óleo. O pastel oleoso é aplicado em superfícies como telas, madeira ou papel.

Usar a ponta do pastel para desenhar linhas finas e detalhes no papel.

Preencha grandes áreas com cores sólidas usando os lados dos pastéis.

Varie a pressão dos traços de acordo com os efeitos que quer obter.

Se pressionar muito no papel, terá uma cor forte.

Desenhe alguns pontos e esfregue o papel com o dedo ou um pedaço de papel toalha para obter uma cor mais transparente.

Eles são ótimos para criar paisagens simples e interessantes.

Fazer camada sobre camada de pastéis dá ao desenho uma qualidade pictórica. As cores claras e fortes criam composições maravilhosas.

Mesmo familiarizado com eles, gaste uns poucos minutos aquecendo-se, desenhando diferentes linhas e em diferentes suportes.

Comece com um tema fácil, como um cachorro, uma casa ou um lago, se for um iniciante. Se quiser algo mais desafiador, pode escolher algo mais difícil, por exemplo um casario coma paisagem ou um rosto.

Faça um esboço com um lápis para que possa apagar as linhas se cometer um erro. Não se preocupe com os detalhes ainda; faça isso quando estiver já na arte final.

Planeje seu esquema de cores e em quais áreas vai misturá-las. Comece colorindo o desenho por cima e vá adicionando mais detalhes aos poucos.

Dicas:

  • Limpar sempre seus gizes, para não sujar seu desenho com manchas de outra cor.
  • Não tenha medo de quebrar nenhuma “regra” artística para encontrar sua criatividade.
  • Sempre lave suas mãos depois de desenhar com pastel oleoso, porque elas vão estar grudentas ou mantenha um pano para limpar as mãos na troca de cor.
Mar Profundo – Obra de Denise Ludwig

 

Agora é a sua vez! Siga o roteiro que indicamos e faça a sua obra de arte.

Fotografe a sua pintura aquarela e divulgue nas nossas mídias digitais #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *