Meditar desenhando – Zentangle

História das Artes > Olho-vivo > Ateliê > Meditar desenhando – Zentangle
Meditar desenhando – Zentangle

O que é Zentangle?

Zentangle é um método de criação de imagens usando padrões repetidos.

É uma fascinante nova forma de arte, fácil de aprender, divertida e relaxante que estimula a atenção e criatividade.

Fundada pelos americanos Rick Roberts e Maria Thomas, o Zentangle surgiu quando Maria contou a Rick sobre a sensação de liberdade, bem estar e atenção quando ela desenhava padrões de fundo para um dos seus trabalhos.

Enquanto ela desenhava estes padrões notou também que todos os pensamentos e preocupações ficavam de lado.

Era uma forma de meditar fazendo arte.

Rick e Maria, então, pensaram em criar um sistema simples que outras pessoas pudessem seguir e desfrutar deste mesmo sentimento.

Mal podiam eles imaginar a proporção que este método atingiria.

O Zentangle está ficando cada vez mais popular, atingindo pessoas de todas as idades e se espalhando pelo mundo.

Zentangle é simples de entender e divertido de se praticar, mesmo se você estiver convencido que não é um artista.

Material necessário para criar um “ladrilho” Zentangle

1. É sempre usado um ladrilho de 8,9 cm x 8,9 cm, de preferência em papeis de maior gramatura, suas bordas podem ser irregulares ou não, podem ser papéis coloridos, papéis branco, papéis de aquarela, dependendo da sua escolha ou do material que já tem disponível;

2. Canetas de tamanhos 005, 0,1 e 0,5; lápis 2h e 2B; pequeno estojo de aquarela; lápis coloridos; lápis de cera; pastéis oleosos

3. Local: o Zentangle pode ser feito em qualquer lugar, desde que apoie o papel e pode manusear o lápis;

4. O desenho começa com uma borda, depois cordões (strings) e então o enredo feitos dentro do espaço delimitado.

5. O processo é bastante rítmico, relaxante e ajuda na concentração.

Passos para realizar o seu Zentangle:

– Relaxe. Faça um rápido alongamento e procure uma posição confortável.

– Respire fundo algumas vezes. Sorria. Sinta a alegria do presente.

– Examine e admire o seu material, valorizando esse momento reservado para criar.

– Com o lápis desenhe um ponto em cada um dos quadros cantos do ladrilho, não precisa usar medidas.

– Ainda com o lápis, ligue os pontos, criando uma borda, não precisa ser de linhas retas.

– Crie um cordão. Ele gera uma divisão de áreas nas quais desenhar o seu enredo, que é o mapa criativo do seu Zentangle.

Não precisa ser linha contínua e nem precisa ser todo preenchido, deixe a sua inspiração guiar você.

Não use caneta para formar o cordão para que esse detalhe não se tornar o foco e impedir a evolução da sua criação.

Veja o exemplo abaixo como criar cordões para depois evoluir no seu enredo:

– Dê o acabamento no seu enredo com material da sua escolha.

– Aprecie a sua obra.

– Reflita sobre o seu trabalho e avalie girando o ladrilho para apreciar todos os detalhes.

-Faça um álbum com seus ladrilhos e avalie também, a sua evolução no traçado e orgulhe-se!

Veja alguns modelos selecionados:

 

Chegou a sua vez!

Escolha seu material, relaxe e comece a sua meditação diária, desenhando.

 

Fotografe seus ladrilhos e compartilhe nas nossas mídias sociais, #historiadasartestalento 

 

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *