Museu da Fotografia em Fortaleza

História das Artes > Museus > Museu da Fotografia em Fortaleza

O Museu da Fotografia de Fortaleza, inaugurado em 11 de março de 2017, possui um acervo de 2 mil obras da coleção do idealizador do espaço, o empresário cearense Silvio Frota.

A primeira exposição mostra 440 obras de grandes nomes da fotografia, como Henri Cartier-Bresson, Steve McCurry e Cindy Sherman narrando histórias das guerras mundiais, da Grande Depressão, da ditadura militar brasileira, dos conflitos que arruinaram a Síria e dos protestos de 2013, entre outras.

As obras estão dispostas por temas: Um imaginário de cidades, Sobre crianças, Jogo de olhares: aspectos da fotografia moderna e contemporânea e O Norte e o Nordeste, dedicado a fotógrafos locais.

A icônica “Menina afegã” tem 25 originais espalhados pelo mundo e um deles foi o primeiro item comprado por Frota para começar a coleção. A garota se tornou a “Mona Lisa da fotografia” após perder os pais durante a invasão soviética ao Afeganistão e ser registrada por McCurry. Sharbart foi capa da revista National Geographic em 1985.

Entre as centenas de imagens mundialmente famosas, o visitante pode apreciar de perto o momento decisivo de um homem pulando uma poça em um dos cliques mais conhecidos de Bresson e fotos feitas por Chico Albuquerque dos bastidores do filme rodado por Orson Welles em Fortaleza.

O objetivo do Museu, segundo Frota, é aproximar as pessoas da fotografia, mesmo aquelas que não têm intimidade com a arte. O curador Ivo Mesquita (ex-Pinacoteca de São Paulo) organizou as imagens de modo que elas não pareçam individualizadas, e contem, juntas, uma história.

Em um espaço de 2.500 metros quadrados, o segundo museu de fotografia do Brasil – o primeiro localiza-se em Curitiba – oferece exposições, oficinas, palestras, cafeteria e uma loja onde o público poderá adquirir fotografias de jovens artistas.

O primeiro andar do prédio apresenta um revezamento de exposições temporárias com mais de 2 mil fotografias da coleção que abrange 200 anos de história. Nos outros dois andares, o visitante pode conhecer as exposições permanentes, sendo o último piso dedicado às imagens do Norte e Nordeste brasileiros.

Outra proposta é levar a fotografia para além do prédio que abriga o museu. Para isso, foi contratado um educador para levar o Museu às comunidades e as comunidades para dentro do Museu. Serão ofertados cursos e oportunidades de exposição dos resultados.

Museu da Fotografia Fortaleza. Rua Frederico Borges, 545 – Varjota – Fortaleza – Ceará.Aberto de quarta a domingo, das 12h às 17h. Entrada R$ 10. Gratuito para menores de 18 e acima de 60 anos. Quarta-feira entrada gratuita para todos.

 

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *