O Aprendiz de Operário, Georges Rounault

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > O Aprendiz de Operário, Georges Rounault
O Aprendiz de Operário, Georges Rounault

Tela de Georges Rouault feita em 1925.

Em 1952, depois de alguns retoques finais, o pintor doou ao Museu Nacional de Arte Moderna de Paris, pedindo que fosse guardado seu anonimato.

Apesar do título trata-se de um verdadeiro autorretrato que foi precedido de alguns esboços desde 1921.

Foi seu amor pelo povo que o levou a dar esse nome à obra, conferindo-lhe assim. alcance mais geral.

A execução muito livre, a massa muito espessa deste quadro se unem a um modelo cuidado, muito raro em sua obra, dando toda a intensidade à expressão calma, resignada e pensativa deste rosto.

É considerado um dos mais belos autorretratos de pintor, tão comovente quanto os de Van Gogh e Rembrandt.

 

Faça também o seu autorretrato usando cores e texturas como Georges Rouault trabalhou.

 

Fotografe a sua obra e envie para as nossa mídias sociais, usando #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *