Masp

História das Artes > Posts com a tag "Masp"
Exposição Pedro Correia Araújo: Erótica – MASP

Exposição Pedro Correia Araújo: Erótica – MASP

Pedro Correia de Araújo é um artista que se encontra no cruzamento entre dois tempos, geografias, escolas: entre os séculos 19 e 20, entre a França e o Brasil, entre o acadêmico e o moderno. Continue Lendo

Envolvimentos – Wanda Pimentel no MASP

Envolvimentos – Wanda Pimentel no MASP

Esta mostra reúne, pela primeira vez, um conjunto de 27 pinturas da série Envolvimento, produção que marca o início da carreira de Wanda Pimentel (Rio de Janeiro, 1943), e que permanece uma das mais emblemáticas da artista. Continue Lendo

Um Espelho Mágico da Pintura no Brasil – Wesley Duke Lee

Um Espelho Mágico da Pintura no Brasil – Wesley Duke Lee

Entre uma viagem e outra você pode apreciar o acervo de arte contemporânea nas estações do Metrô de São Paulo.

Na estação Trianon-Masp, é possível apreciar a exposição permanente da obra de arte “Um espelho mágico da pintura no Brasil” do artista plástico Wesley Duke Lee. Continue Lendo

Toulouse-Lautrec em Vermelho no MASP

Toulouse-Lautrec em Vermelho no MASP

 

O MASP apresenta “Toulouse-Lautrec em vermelho”, a maior exposição dedicada à obra do francês Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901) já realizada no Brasil.

Em torno do tema da sexualidade, a mostra conta com 75 obras, entre pinturas, cartazes e gravuras, que estão entre as mais emblemáticas do artista. Continue Lendo

Exposição Toulouse-Lautrec em vermelho

Exposição Toulouse-Lautrec em vermelho

Em 29 de junho de 2017, o MASP apresentará “Toulouse-Lautrec em vermelho”, a maior exposição dedicada à obra do francês Henri de Toulouse-Lautrec  já realizada no Brasil. Em torno do tema da sexualidade, a mostra conta com 75 obras, entre pinturas, cartazes e gravuras, que estão entre as mais emblemáticas do artista. Continue Lendo

Exposição Quem tem medo de Terezinha Soares?

Exposição Quem tem medo de Terezinha Soares?

Inaugurando um eixo temático sobre sexualidade, que reunirá vasta programação de exposições, o MASP apresenta, até 06 de agosto de 2017, a exposição “Quem tem medo de Teresinha Soares?”, com mais de 50 obras do intenso período produtivo da artista mineira Teresinha Soares (Araxá, 1927), que se deu entre 1965 e 1976. Continue Lendo

As Cinco Moças de Guaratinguetá, Di Cavalcanti

As Cinco Moças de Guaratinguetá, Di Cavalcanti

A composição Cinco Moças de Guaratinguetá é uma das mais conhecidas pinturas do artista brasileiro Di Cavalcanti.

Segundo o crítico Carlos Zílio (1982) “o clima de sensualidade não é a figura das mulatas em si, mas os fortes contrastes cromáticos, a cor dependendo do desenho, uma vez que predomina o cuidado na relação entre volumes e planos.” Continue Lendo

Tapeçaria: Obras de arte tecidas

Tapeçaria: Obras de arte tecidas

É a arte de se imprimir em lãs de todas as cores as pinturas concebidas por distintos artistas, com o objetivo de decorar os ambientes mais ricos.

A princípio o pintor elabora sua obra, depois os artesãos se debruçam sobre sua matéria-prima e procuram imitar esta imagem e todas as suas nuances. Continue Lendo

Histórias da Infância – MASP

A exposição Histórias da Infância, no MASP, reúne múltiplas e diversas representações da infância de diferentes períodos, territórios e escolas, da arte africana e asiática à brasileira, cusquenha e europeia, incluindo arte sacra, barroca, acadêmica, moderna, contemporânea, e a chamada arte popular, bem como desenhos feitos por crianças, posicionados no mesmo espaço, ao lado das demais obras. Continue Lendo

Masp retoma os cavaletes originais

Masp retoma os cavaletes originais

A ousadia da arquiteta Lina Bo Bardi na criação do Masp, em 1968, não escreve apenas no projeto do edifício que parece flutuar em plena avenida Paulista e cria um vão livre propício à convivência, mas também na forma como ela pensou o espaço ao abolir a caixa branca e colocar as obras suspensas em painéis transparentes.

Continue Lendo