Masp

História das Artes > Posts com a tag "Masp"
Histórias Afro-Atlânticas | Masp e Instituto Tomie Ohtake | SP

Histórias Afro-Atlânticas | Masp e Instituto Tomie Ohtake | SP

Consideradas duas das principais instituições culturais da cidade, o Masp – Museu de Arte de São Paulo e o Instituto Tomie Ohtake uniram-se para realizar a megaexposição “Histórias Afro-Atlânticas”, que exibe mais de 400 obras, de 210 artistas nacionais e internacionais, sobre os “fluxos e refluxos” da escravidão dos povos atlânticos – termo derivado do fotógrafo Pierre Verger. Continue Lendo

Acervo em Transformação: Tate no Masp – SP

Acervo em Transformação: Tate no Masp – SP

“Acervo em transformação” é uma exposição de longa duração com uma pequena seleção de obras da coleção do MASP.

O conjunto tem foco na arte figurativa, o que reflete a história do acervo e os interesses das primeiras aquisições do museu, por seu diretor-fundador Pietro Maria Bardi (1900-1999). Continue Lendo

A Ancestralidade dos Símbolos

A Ancestralidade dos Símbolos

O MASP inaugurou a terceira exposição de 2018, ano dedicado às histórias afro-atlânticas.Essa exposição apresenta 70 obras de Emanoel Araujo (Santo Amaro da Purificação, BA, 1940), um dos nomes mais expressivos do cenário artístico brasileiro, responsável por promover a arte e a cultura negras no país. Continue Lendo

Maria Auxiliadora: A vida cotidiana, pintura e resistência da Obra

Maria Auxiliadora: A vida cotidiana, pintura e resistência da Obra

No ano dedicado às histórias afro atlânticas no MASP — as histórias dos fluxos e dos refluxos entre a África e as Américas através do Atlântico —, a exposição de Maria Auxiliadora ( 1935  – 1974 ) assume uma urgência.

A pintura delicada, precisa e pungente da artista retrata seu cotidiano e sua cultura, atravessando muitos temas afro brasileiros: a capoeira, o samba, a umbanda, o candomblé, os orixás. Continue Lendo

Imagens do Aleijadinho no MASP

Imagens do Aleijadinho no MASP

Imagens do Aleijadinho é uma das exposições que abrem o programa do MASP em 2018, ano dedicado às histórias afro-atlânticas, com exposições, seminários, programas de mediação e publicações em torno das trocas culturais entre a África, a Europa e as Américas. Continue Lendo

Corpos em construção – Tunga no Masp – SP

Corpos em construção – Tunga no Masp – SP

Artista multidisciplinar, o pernambucano Tunga, nascido Antonio José de Barros Carvalho e Mello Mourão, morto em junho do ano passado, aos 64 anos, criou uma obra em que trabalhos mais antigos se desdobram em novas peças, mantendo sua interdependência e carregando em sua morfologia um código sintático alquímico. Continue Lendo

Os Quadrões de Mauricio de Souza

Os Quadrões de Mauricio de Souza

Uma visita de Mauricio de Souza ao Museu de Arte de São Paulo – MASP, no final da década de 80 quando ao ver uma de suas obras favoritas” Rosa e Azul”, do pintor impressionista francês Auguste Renoir, Maurício se perguntou como seria colocar a turma da Mônica nas obras de grandes artistas para ensinar e divulgar arte para crianças de uma maneira diferente. Continue Lendo

Moema – Victor Meirelles

Moema – Victor Meirelles

A obra de Victor Meirelles pertence à tradição acadêmica brasileira, formada por uma mistura de referências neoclássicas, românticas e realistas, mas o pintor absorveu também influências barrocas e de outros grupos. Continue Lendo

Histórias da Sexualidade – Museu de Arte de São Paulo – MASP

Histórias da Sexualidade – Museu de Arte de São Paulo – MASP

No ano que o MASP debruçou-se sobre a temática da sexualidade, apresentando, com sua curadoria afinada, artistas nacionais e internacionais que merecem destaque, nunca foi tão necessário falar sobre a nudez e o sexo na arte: são os dois momentos da vida que demandam entrega total. Continue Lendo

Exposição Pedro Correia Araújo: Erótica – MASP

Exposição Pedro Correia Araújo: Erótica – MASP

Pedro Correia de Araújo é um artista que se encontra no cruzamento entre dois tempos, geografias, escolas: entre os séculos 19 e 20, entre a França e o Brasil, entre o acadêmico e o moderno. Continue Lendo