Renascimento

História das Artes > Posts com a tag "Renascimento"
A Família de Dario diante de Alexandre

A Família de Dario diante de Alexandre

A suntuosa e cenográfica representação de um episódio célebre da história antiga foi pintada por Veronese cerca de 1570 para a família Pisani, em cuja propriedade permaneceu até 1817, ano em que foi transportada para a National Gallery em Londres. Continue Lendo

O Sacrifício de Isaac, Andrea del Sarto

O Sacrifício de Isaac, Andrea del Sarto

Conta Vasari que Andrea del Sarto, assim chamado devido ao ofício de alfaiate (sarto, em italiano) do pai, pintou esse mesmo tema num formato maior (atualmente na Gemäldegalerie de Dresden) e teve que repeti-lo em tamanho menor, mas com idêntica perfeição, para Paolo de Terrarossa. Continue Lendo

A Escola de Atenas, Rafael Sanzio

A Escola de Atenas, Rafael Sanzio

Rafael foi a escolha inspirada e corajosa o papa para decorar o salão chamado Stanza della Segnatura, no Vaticano, em Roma. Este são era usado como biblioteca; era ali que o papa Júlio II (1443-1513) assinava decretos da corte eclesiástica. Continue Lendo

Baco e Ariadne, Ticiano Vecellio

Baco e Ariadne, Ticiano Vecellio

O quadro foi encomendado por Alfonso d’Este, duque de Ferrara, para decorar o seu pequeno estúdio, o famoso “camarim de alabastros” da sua casa de campo, juntamente com outros episódios mitológicos, entre os quais A Festa dos Deuses, de Giovanni Bellini, de 1514 (Washington, National Gallery), A Oferenda a Vênus e o Bacanal de Andros, de Ticiano (Madri, Museu do Prado). Continue Lendo

A Adoração dos Reis Magos, Giotto

A Adoração dos Reis Magos, Giotto

Essa pintura de Giotto faz parte de uma série que decora o interior da Capela Arena, em Pádua, no norte da Itália. O tema da série é a história da vida e da paixão de Jesus Cristo. Continue Lendo

O Jardim das Delícias, Hieronymus Bosch

O Jardim das Delícias, Hieronymus Bosch

Bosch foi o último e talvez o maior dos pintores medievais. Sua visão da humanidade é pessimista e moralizadora: o ser humano carrega uma falha fundamental desde a expulsão de Adão e Eva do Jardim do Éden. Na filosofia de Bosch, a salvação é possível, porém com grande dificuldade e o destino provável da maioria das pessoas é a danação eterna. A morte e o medo da morte são uma realidade sempre presente na sua arte. Continue Lendo

Alegoria dos Prazeres Carnais, Hieronymus Bosch

Alegoria dos Prazeres Carnais, Hieronymus Bosch

A forma mais característica das pinturas de Bosch foi o tríptico: uma sequência de quadro que lhe permitia desenvolver a narração no espaço e no tempo, aproveitando, como entreato ou crítica moral, as partes exteriores dos painéis. Descreve manifestações críticas da vida europeia em um período de transição dividido entre os valores tradicionais (medievais) e os modernos (humanistas). Continue Lendo

O Batismo de Cristo, Piero della Francesca

O Batismo de Cristo, Piero della Francesca

Este quadro de Piero della Francesca mostra um dos rituais centrais da fé cristã. O batismo é um ato de purificação e renascimento; além de ser a ocasião formal em que se recebe o nome, significa que a pessoa batizada é recebida na Igreja. Continue Lendo