A arte depois de Giotto

História das Artes > Sala dos Professores > A arte depois de Giotto
A arte depois de Giotto

Em 1348, dez anos após a morte de Giotto, a peste dizimou a metade da população de Florença. Na esteira da catástrofe, a arte na cidade sofreu uma notável mudança. As tendências humanizantes da pintura de Giotto deram lugar a um tipo de arte mais remota e hierática, reminiscência das antigas tradições bizantinas.

Tais mudanças talvez refletissem, em parte, o clima de pessimismo e medo resultante da peste, vista comumente como uma punição divina.

Ao mesmo tempo, os retábulos tornaram-se cada vez mais ornamentados à medida que a clientela procurava expiar sua culpa esbanjado vultuosas quantias em obras de arte religiosa.

O Retábulo Strozzi é um exemplo dessa mudança estética, realizado por Andrea Orcagna, uma das maiores figuras da arte florentina do século 14. Seu estilo hierático e impessoal também é caracterizado pela rica ornamentação das molduras.

Da esquerda para a direita, as figuras representam São Miguel e Santa Catarina de Alexandria; a Virgem Maria, em um hábito dominicano, apresentando seu protegido Santo Tomás de Aquino; Jesus Cristo; São Pedro (ajoelhado) e João Batista; São Lourenço e São Paulo.

Retábulo Strozzi, 1354-7, 296 x 160 cm, Andrea Orcagna, Basílica de Santa Maria Novella, Florença.

A Capela Strozzi de Mântua, situada na cabeceira do transepto esquerdo da Basílica de Santa Maria Novella, em Florença, é coberta também com valiosos afrescos, que datam de 1350-57, entre os melhores trabalhos de Nardo di Cione (irmão de Andrea Orcagna), e representam os reinos dos céus estruturados de acordo com a Divina Comédia, de Dante. Na parede detrás está o julgamento final, onde há também um retrato de Dante, temos ainda nas demais paredes afrescos sobre o Inferno e o Paraíso.

Vista parcial da Capela Strozzi de Mantua, Retábulo Strozzi, 1354-7, Andrea Orcagna, Basílica de Santa Maria Novella, Florença.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *