Madona e o Menino, Michelangelo

História das Artes > Sala dos Professores > Madona e o Menino, Michelangelo
Madona e o Menino, Michelangelo
   

A obra Madona e o Menino foi esculpida por Michelangelo, em mármore de Carrara, entre os anos de 1501 e 1504. Originalmente era destinada para um altar na Catedral de Siena, mas, em 1504, a rica família Mouscron de Bruges a comprou e doou para a Igreja de Nossa Senhora de Bruges.

É uma das poucas obras de Michelangelo fora da Itália.

A peça foi removida duas vezes da Bélgica. Em 1794, depois que os revolucionários franceses conquistaram a Holanda austríaca, durante as Guerras Revolucionárias Francesas, sendo devolvida após a derrota final de Napoleão em Waterloo em 1815. Depois em 1944 durante a Segunda Guerra Mundial pelos soldados alemães. Ela foi descoberta um ano depois em Altausse, na Áustria, dentro de uma mina de sal e daí retornou novamente à Bélgica.

Esse último acontecimento faz parte do filme, baseado em fatos reais, chamado Caçadores de Obras-Primas.

COMO CITAR:

Para citar esta página do História das Artes como fonte de sua pesquisa utilize o texto abaixo:

IMBROISI, Margaret; MARTINS, Simone. Madona e o Menino, Michelangelo. História das Artes, 2021. Disponível em: <https://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/madona-e-o-menino-michelangelo/>. Acesso em 22 Oct 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: