Marc Ferrez: Território e Imagem | IMS | SP

História das Artes > Sala dos Professores > Marc Ferrez: Território e Imagem | IMS | SP
Marc Ferrez: Território e Imagem | IMS | SP

A exposição apresenta a extensa obra do fotógrafo realizada por todo o país ao longo de mais de 50 anos de sua atuação profissional, entre 1867 e 1923.

Marc Ferrez (1843–1923) percorreu várias regiões do Brasil como fotógrafo oficial da Comissão Geológica do Império do Brasil (1875-1878), e as regiões Sul e Sudeste como fotógrafo das principais ferrovias em construção e modernização naquele momento.

Nascido e radicado no Rio de Janeiro, Ferrez documentou também intensivamente a capital do Império e seu entorno.

Sua atividade profissional e criativa foi marcada pela busca permanente de inovações tecnológicas e de linguagem, em associação com grandes nomes da engenharia, da ciência e das artes.

A mostra, com mais de 300 itens do acervo do IMS e de outras instituições, incluindo fotografias e álbuns originais, negativos de vidro, estereoscopias, autocromos, câmeras e equipamentos fotográficos, documentos originais e correspondências, discute o papel da imagem fotográfica no processo de exploração do território nacional, em suas diversas regiões, e de sua construção e consolidação como ideia de nação, em especial durante o Segundo Império e início da República.

Álbuns do Rio – Marc Ferrez

E percorre, ao mesmo tempo, os diversos territórios da imagem explorados por Ferrez em sua prática profissional, da fotografia em colódio à fotografia colorida, ao cinema, à página impressa, e à comunicação visual de massa.

O Paço, A Praça e o Morro – Marc Ferrez

Mais conhecido por suas imagens icônicas da cidade do Rio de Janeiro, Marc Ferrez foi também o primeiro fotógrafo a documentar extensivamente o território brasileiro, primeiramente como fotógrafo da Comissão Geológica do Império do Brasil (1875-1878), percorrendo os estados de Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Bahia, incluindo diversos trechos do Rio São Francisco e, posteriormente, como fotógrafo da construção e modernização das principais ferrovias do país, nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Instituto Moreira Salles – IMS – Avenida Paulista, 2424. Bela Vista, SP. Terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 10h às 20h. Quinta, exceto feriados, das 10h às 22h. Entrada gratuita. Até 21 de julho.

Fique atento! Os horários podem ser alterados. Consulte o site oficial da instituição.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *