Mulher Chorando, Pablo Picasso

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > Mulher Chorando, Pablo Picasso
Mulher Chorando, Pablo Picasso

A angustiante emoção do luto experimentado por essa mulher atormentada reflete-se com grande intensidade nas cores berrantes e nas pinceladas rígidas.

A atenção do espectador focaliza-se imediatamente na fria área azul e branca em torno da boca e dos dentes: seus olhos e a testa estão deslocados, literalmente quebrados de tristeza. Os olhos da figura parecem pequenas vasilhas que derramam grossas lágrimas sobre o lenço transparente.

As cores que predominam na obra são: laranja, que traz o significado do perigo, da agressividade e da agitação daquele período histórico; preta, representando a morte, o desconhecido, revelando o espírito de insegurança e horror da guerra; vermelho, como a violência; e, por fim, verde-escuro, mostrando o frio, a umidade das lágrimas da mulher.

A figura retrata Dora Maar, amante de Picasso. No curso de seu relacionamento, de 1936 a 1944, ele pintou vários retratos dela, algumas vezes mostrando-a bondosa, outras, ameaçadora. Além disso, a figura lembra as da monumental obra de Picasso, Guernica, executada no mesmo ano, que retrata o massacre de mulheres e crianças na Guerra Civil Espanhola na cidade basca, que dá título à obra, pela força aérea alemã, que apoiava as forças nacionalistas do general Franco.

Esta obra é um dos exemplos mais expressivos da série de Picasso intitulada “Mulheres Chorando”. A maneira pela qual o rosto da mulher foi distorcido e fragmentado é um desenvolvimento das ideias cubistas. Picasso, que juntamente com Georges Braque criaram o Cubismo, executou um imenso conjunto de obras durante sua vida longa e bastante pública.

Nascido na Espanha, Picasso mudou-se para Paris em 1901, vivendo o resto de sua vida na França. É considerado o maior artista do século 20.

Pertence à coleção da Tate Gallery, desde 1987, e está em exposição na Tate Modern, ambas em Londres.

Mulher Chorando, 1937, Pablo Picasso, óleo sobre tela, 60,8 x 50 cm, Tate Gallery, Londres.

pincelAgora que você sabe mais detalhes sobre esse quadro do Picasso, experimente fazer uma releitura dele usando o material colorido que você mais gostar.

 

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas nossas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *