Retrato de Ginevra de Benci, Leonardo da Vinci

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > Retrato de Ginevra de Benci, Leonardo da Vinci
Retrato de Ginevra de Benci, Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci retratou neste quadro Ginevra Benci, irmã de um amigo cientista. Este fato é referido por Giorgio Vasari em seus escritos sobre a vida do artista. É possível que a obra tenha sido uma encomenda feita por ocasião do casamento da jovem: era um hábito muito frequente na sociedade da época.O retrato era de meio corpo. Perdeu a parte inferior, onde se podiam observar as mãos em atitude semelhante à Dama do Arminho, ou à Mona Lisa. Ambas são obras posteriores e as damas aparecem numa disposição bastante próxima.

Esta imagem constitui o único exemplo de pintura profana conservada da primeira fase florentina de Da Vinci. Naquele tempo, ainda se manifestam de forma evidente os débitos do autor para com o panorama da pintura florentina do Quattrocento.

Possui uma combinação de elementos técnicos e estilísticos que corresponde a linguagens estéticas diferentes. Esta é a tônica geral presente na obra de Leonardo ao longo da sua primeira fase florentina.

A figura da dama foi modelada a partir de um desenho sutil, próprio da pintura do Quattrocento. O autor introduz na composição uma série de recursos pessoais cuja aplicação irá depurando e intensificando. É o caso do claro-escuro. O procedimento implica o contraste de zonas claras e escuras dispostas alternadamente. Neste caso, a claridade do rosto e do fundo opõem-se à escuridão da árvore que enquadra a dama.

A gama cromática é determinada por tonalidades ocres e avermelhadas que contrastam com os azuis de um fundo esbatido e nebuloso.

Ginevra, que foi uma das mulheres mais cultas da sociedade florentina da época, foi identificada no retrato graças à presença, ao fundo, da árvore de ramagens verdes de zimbro (ginepra, em italiano), que aludem ao seu nome por trocadilho.

A historiografia artística considerou este quadro como um claro precedente da Mona Lisa, a obra mais famosa, que corresponde à culminação da trajetória pictórica de Leonardo.

Retrato de Ginevra de Benci, 1474-1478, têmpera e óleo sobre madeira, 38 x 37 cm, Leonardo da Vinci, Galeria Nacional de Arte, Washington, D.C., EUA.

Agora que você sabe mais detalhes sobre esse quadro de Leonardo da Vinci, experimente fazer uma releitura dele ou crie um retrato colocando ao fundo algo que simbolize o retratado,  usando o material colorido que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

COMO CITAR?

Para citar o História das Artes como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

IMBROISI, Margaret; MARTINS, Simone. Retrato de Ginevra de Benci, Leonardo da Vinci. História das Artes, 2020. Disponível em: <https://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/retrato-de-ginevra-de-benci-leonardo-da-vinci/>. Acesso em 04 Aug 2020.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: