Andando, Alexander Archipenko

Andando, Alexander Archipenko

A primeira vista esta escultura parece abstrata. Depois de observar melhor, consegue-se ver uma mulher andando, feita de bronze com superfície verde.

Archipenko criou a figura utilizando lacunas e concavidades. A cabeça, por exemplo, é formada pelo espaço criado pelo bronze em torno dela.

Esta talvez seja a primeira obra da história da escultura ocidental a introduzir tais conceitos de construção, representando uma ruptura radical com a tradição clássica.

O artista era ligado ao movimento cubista, que contentou e redefiniu a abordagem tradicional da representação das formas humanas.

Seu uso de concavidades e vazios para criar uma nova maneira de ver a figura humana correspondia ao método cubista de fragmentar  o tema e representar, simultaneamente, numerosas visões do mesmo objeto.

Archipenko, posteriormente desenvolveu ainda mais suas técnicas de escultura, misturando diferentes materiais.

Ele nasceu em 1887, em Kiev na Rússia e faleceu em 1912, em Nova York, Estados Unidos.

Mulher Andando, 1964, Bronze, altura 67,3 cm, Alexander Archipenko, Coleção particular.

Agora que você sabe mais detalhes sobre essa obra de Archipenko, experimente fazer uma releitura dela ou criar uma escultura da figura humana utilizando com criatividade os espaços vazios na obra, usando o material que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas nossas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *