Ideia para criar um gato colorido

História das Artes > Olho-vivo > Ateliê > Ideia para criar um gato colorido
Ideia para criar um gato colorido

Aldemir Martins (1922-2006) foi um artista plástico cearense, ilustrador, pintor e escultor autodidata, de grande renome e fama no país e exterior.

Sua técnica passeia por várias formas de expressão, compreendendo a pintura, gravura, desenho, cerâmica e escultura em diferentes suportes.

O artista trabalhou com os mais diferentes tipos de superfície, de pequenas madeiras para caixas de charuto, papéis de carta, cartões, telas de linho, de juta e tecidos variados – algumas vezes sem preparação da base de tela – até formas de pizza, sem contudo perder o forte registro que faz reconhecer a sua obra ao primeiro contato do olhar.

Nos desenhos de cangaceiros, nos seus peixes, galos, cavalos, nas paisagens, frutas e até na sua série de gatos, transparece uma brasilidade sem culpa que extrapola o eixo temático e alcança as cores, as luzes, os traços e telas de uma cultura.

Gato Vermelho – 2000 – Aldemir Martins

O estilo do pintor Aldemir Martins que com seu traço incrível e de fácil identificação por quem estivesse vendo, usou e abusou das cores próprios de uma país tropical, chegou a inspiração para a proposta:

Ideia para criar um Gato Colorido

 

Material: papel canson A3; lápis preto e borracha; tinta guache de várias cores e tonalidades; 1 pincel chato macio e 1 pincel redondo.

Como fazer:

Desenhe o gato “copiando” o traço do artista Aldemir Martins, no lugar das flores que compõe a obra, desenhe o que a sua imaginação quiser para compor a imagem com seu gato.
Pode ser: as flores ou um pássaro ou um rato ou um almofada ou o que você quiser.
Forre a mesa com folhas de jornal ou plástico, fixe bem o seu desenho, prepare em um prato descartável as cores que você imaginou para a sua obra.
Pinte sempre o fundo, para isso use o pincel chato macio que proporcionará maior espaço para cor e para mistura nuances,  para a figura e destalhes use o pincel redondo, esse permite maior firmeza para colorir os detalhes, caso você não tenha gostado do efeito de uma cor, é só deixar secar bem e depois passar a cor escolhida por cima.


Pronto seu gato colorido ficou pronto, agora é só fotografar e divulgar nas mídias sociais #historiadasartestalento.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *