Arte contemporânea

História das Artes > Posts com a tag "Arte contemporânea"
Exposição Entrevendo – Cildo Meireles | Sesc Pompéia | SP

Exposição Entrevendo – Cildo Meireles | Sesc Pompéia | SP

A exposição Entrevendo é a maior antologia já exposta na América Latina sobre a obra de Cildo Meireles.

Com curadoria de Júlia Rebouças e Diego Matos, a exposição reúne cerca de 150 criações – algumas inéditas no país – e preenche uma lacuna de quase duas décadas sem uma grande mostra nacional do artista, um dos nomes mais importantes da arte brasileira. Continue Lendo

36º Panorama da Arte Brasileira | MAM | SP

36º Panorama da Arte Brasileira | MAM | SP

“Sertão” é o título e o conceito proposto pela curadora Júlia Rebouças para articular o 36º Panorama, do qual participarão 29 artistas e coletivos, e que tem assistência curatorial de Maria Catarina Duncan.

Após um extenso processo de pesquisa e viagens por diversas regiões do Brasil, incluindo cidades como Cachoeira (BA), Recife (PE), Brasília (DF), Florianópolis (SC), São Paulo e a região do Cariri cearense, a curadora convidou artistas que se relacionam com o conceito, entendendo a própria arte como “sertão” – em sua instância de experimentação e resistência –, contestando, portanto, o viés restritivamente geográfico facilmente associado à palavra. Continue Lendo

Marepe: Estranhamente Comum | Pina_Estação | SP

Marepe: Estranhamente Comum | Pina_Estação | SP

Com curadoria de Pedro Nery, curador do museu, trata-se da primeira grande exposição individual do artista baiano em São Paulo que propõe oferecer uma visão abrangente de sua trajetória, iniciada na década de 1990.

O conjunto de 30 obras evoca poeticamente uma memória pessoal que se entrelaça à sua cidade natal.

Marepe (Marcos Reis Peixoto) nasceu na cidade de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano, em 1970. Continue Lendo

Grada Kilomba: Desobediências Poéticas | Pinacoteca de São Paulo

Grada Kilomba: Desobediências Poéticas | Pinacoteca de São Paulo

Primeira exposição individual no Brasil da artista portuguesa.

Com curadoria de Jochen Volz e Valéria Piccoli, diretor geral e curadora-chefe do museu, respectivamente, a mostra apresenta quatro trabalhos que ocupam as quatro salas contíguas à exposição do acervo da produção artística brasileira do século XIX da Pinacoteca.

De forte tom político e comprometido com as perspectivas das narrativas pós-coloniais, o conjunto propõe uma espécie de restituição do lugar das vozes daqueles que foram silenciados ao longo da história. Continue Lendo

Hamburger Bahnhof

Hamburger Bahnhof

A antiga estação de trens Hamburger Bahnhof, situada no centro de Berlim, abriga um museu de arte contemporânea. É uma grande estação construída entre 1846 e 1847 com estilo neoclássico, após sua remodelação, abriga, desde 1996, uma importante coleção de obras de arte da segunda metade do século 20. Continue Lendo

A Linha como Direção | Pina_Estação | SP

A Linha como Direção | Pina_Estação | SP

Com curadoria do Núcleo de Pesquisa e Curadoria do museu, a mostra apresenta 12 esculturas e relevos, pertencentes ao acervo da Pinacoteca, que tem em comum o fato de apoiarem-se no elemento geométrico da linha para criar sua espacialidade, retendo, de maneira direta ou indireta, alguns dos questionamentos propostos pelo construtivismo no início do século XX. Continue Lendo

Exposição Hudinilson Jr | Galeria Jaqueline Martins | SP

Exposição Hudinilson Jr | Galeria Jaqueline Martins | SP

O artista multimídia Hudinilson Jr. (1957-2013) ganha a maior exposição já realizada até agora.

A mostra reúne cerca de 140 obras do artista, incluindo trabalhos inéditos e novas facetas de sua produção.

A exposição antecipa a participação do artista em estande da Art Basel, a mais importante feira de arte do mundo, que acontece em junho, em Miami, nos Estados Unidos. Continue Lendo

PreAtitudes: Insurgências, emergências e afirmações na arte | Sesc Vila Mariana

PreAtitudes: Insurgências, emergências e afirmações na arte | Sesc Vila Mariana

A exposição PreAtitudes: Insurgências, emergências e afirmações na arte afro-brasileira contemporânea  depois de passar pelas unidades de Ribeirão Preto e São Carlos no ano passado, a exposição apresenta um recorte da produção afro-brasileira contemporânea por meio de trabalhos de 16 artistas Continue Lendo

Aprendendo com Miguel Bakun: Subtropical | Instituto Tomei Ohtake | SP

Aprendendo com Miguel Bakun: Subtropical | Instituto Tomei Ohtake | SP

“Aprendendo com Miguel Bakun: Subtropical”, como sugerem Luise Malmaceda e Paulo Miyada, curadores da exposição trata-se de uma imersão pela “estética do frio”, conceito elaborado pelo músico gaúcho Vitor Ramil em livro de título homônimo, cuja mediadora são as obras de Bakun, balizadas pelo apreço à paisagem cotidiana de uma Curitiba dos anos 1940, às vésperas de sua modernização e ainda atravessada por indícios de seu entorno rural. Continue Lendo