Museu do Prado

História das Artes > Posts com a tag "Museu do Prado"
Auto de Fé Presidido por São Domingos de Gusmão, Pedro Berruguete

Auto de Fé Presidido por São Domingos de Gusmão, Pedro Berruguete

A pintura fazia parte de um retábulo com histórias do santo colocado na Sacristia de São Tomás de Ávila, cidade na qual o pintor passou a última fase de sua atividade. Continue Lendo

São Domingos de Silos, Bartolomé Bermejo

São Domingos de Silos, Bartolomé Bermejo

A Espanha do século 15 permanece firmemente ancorada na tradição gótica, gerada num período de opulência. O florescimento dos retábulos (imponentes complexos de pintura e de escultura em várias ordens sobrepostas) nas igrejas corresponde a uma ativa histórica e artística dos reinos cristãos na última fase da guerra contra o islã. Continue Lendo

Cristo Morto Amparado por um Anjo, Antonello de Messina

Cristo Morto Amparado por um Anjo, Antonello de Messina

Antonello de Messina foi um dos protagonistas da renovação artística europeia de meados do século 15. Na sua obra, sintetizou as múltiplas e ramificadas influências da sua formação napolitana e difundiu os valores da pintura flamenga no conjunto da arte italiana. Continue Lendo

A Morte da Virgem, Andrea Mantegna

A Morte da Virgem, Andrea Mantegna

Muito provavelmente, o quadro fazia parte da decoração da Capela de Ludovico Gonzaga, no Castelo de San Giorgio, em Mântua, encomendado a Mantegna, em sua chegada à cidade, em 1460. O castelo foi construído por Bartolino da Novara e, torno de 1395-1400, ­aonde Ludovico tinha decidido estabelecer sua residência. Continue Lendo

A Deposição, Rogier van der Weyden

A Deposição, Rogier van der Weyden

Este retábulo de Rogier van der Weyden é uma obra-prima da pintura flamenga. Os artistas do norte da Europa traziam aos seus trabalhos uma grande intensidade de expressão emocional e uma riqueza de detalhes realistas, dando-lhes assim um caráter e uma aparência bem diferentes das obras italianas. Continue Lendo

David Vence Golias, Caravaggio

David Vence Golias, Caravaggio

Em princípios do século 17, a revolucionária vitalidade e natureza do estilo de Caravaggio vai não só colocar fora de jogo os mais reputados representantes do maneirismo tardio romano como suscitar um eco tão amplo que irá envolver inúmeros artistas italianos e estrangeiros em Roma e em quase toda a Europa.

Continue Lendo

Adão e Eva, Albrecht Dürer

Adão e Eva, Albrecht Dürer

Os quadros de Albrecht Dürer são os primeiros nus em tamanho natural da pintura alemã e foram realizados pouco depois do seu regresso a Nuremberg, na sequência da sua segunda estada italiana, ou mesmo na própria Itália, como se pode imaginar pela indicação almanus (alemão), junto do nome e da data de 1507. Continue Lendo