Cristo Expulsando os Mercadores do Templo, El Greco

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Cristo Expulsando os Mercadores do Templo, El Greco
Cristo Expulsando os Mercadores do Templo, El Greco

Existem inúmeras versões deste tema, quadro das quais registradas no inventário dos bens de El Greco. O episódio evangélico é tratado como a antecipação do Juízo Universal: Cristo, com gesto decidido, separa os condenados, à esquerda, dos eleitos, à direita.

Esta divisão é acentuada pela arquitetura do fundo, de gosto paladiano, em cujo arco se situa a figura de Cristo, mais eloquente, ainda, pela presença dos baixos-relevos dos lados das colunas: à esquerda, a Expulsão de Adão e Eva do Paraíso, que evidencia a violência de Cristo com o chicote na mão: à direita, o Sacrifício de Isaac, considerado como uma prefiguração do martírio divino.

O alongamento das figuras, as torções da anatomia, os movimentos de rotação, a intensidade expressiva, as evidentes influências venezianas, todos eles são elementos característicos do estilo da maturidade de El Greco, longe da representação naturalista e racional da cultura renascentista, mas visionário e transfigurado nos violentos contrastes de luz e cor.

A narração, privada dos habituais elementos ornamentais de pombas e de moedas espalhadas, poderia eventualmente aludir ao contemporâneo movimento da Contrarreforma, tendente a depurar a Igreja do protestantismo e da heresia.

Cristo Expulsando os Mercadores do Templo, c.1600, óleo sobre tela, 106,3 x 129,7 cm, Doménikos Theotokópoulos, conhecido como El Greco, National Gallery, Londres.

Agora que você sabe mais detalhes sobre esse quadro de El Greco, experimente fazer uma releitura dele ou crie uma composição no estilo maneirista que conte uma cena que cause a sensação de movimento, usando o material colorido que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *