Adoração dos Pastores – Caravaggio

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > Adoração dos Pastores – Caravaggio
Adoração dos Pastores – Caravaggio

A adoração dos pastores é um óleo sobre tela pintado pelo artista italiano Michelangelo Merisi, conhecido como Caravaggio .

A pintura foi contratada pelos capuchinhos franciscanos e foi pintada em Messina para a Igreja de Santa Maria degli Angeli, em 1609, apenas um ano antes da morte de Caravaggio.

A pintura é um presépio simples, com palha no chão e um boi e um jumento no fundo.

Maria encontra-se com seu bebê, e José introduz os pastores à sua família.

Em comparação com outros quadros de Maria, ela parece com o cabelo desarrumado e cansada, como se ela tivesse acabado de dar à luz no estábulo.

O xale deslizou de seus ombros, e ela se inclina cansada contra a manjedoura e então ela segura o recém-nascido Jesus.

No lado esquerdo da pintura há uma cesta contendo um pouco de pão, um pedaço de pano e as ferramentas de um carpinteiro, eles reforçam a normalidade da situação.

Caravaggio não pintou uma cena abstrata.

O uso da luz, característica das pinturas de Caravaggio, chama a atenção para a normalidade do acontecimento e ao mesmo tempo a adoração das pessoas, representadas pela simplicidade do pastor ou pela nobreza de um rei.

O bebê, motivo da visita e adoração, é apresentada pelo artista como um simples e bonito bebê.

A Adoração dos Pastores mede 83,07 x 123,62.

Agora é a sua vez!

Faça uma releitura de um presépio em desenho, inspire-se em algum presépio que você conheça e pinte com as cores que escolher e dê um destaque ao claro e escuro como nas obras do artista.

Fotografe e compartilhe nas nossas mídias sociais #historiadasartes/talento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *