O Êxtase de Santa Teresa, Gianlorenzo Bernini

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > O Êxtase de Santa Teresa, Gianlorenzo Bernini
O Êxtase de Santa Teresa, Gianlorenzo Bernini

Santa Teresa tem uma visão de um anjo que lhe crava uma espada de ouro no coração. Desfalecida, em abandono físico e espiritual, simbolizando seu amor por Deus, ela expressa a intensidade de sua experiência mística.

Este grupo de mármore é perfeito exemplo do espírito do Barroco, repleto de drama, emoção e movimento.

Bernini foi um artista notável do Barroco italiano. O virtuosismo e delicadeza de acabamento de suas estátuas é reminiscência de Michelangelo e da estatuária da Antiguidade, embora também incorpore os estilos de seus contemporâneos Caravaggio, Annibale Carracci e Guido Reni.

Arquiteto e escultor, Bernini praticamente monopolizava as encomendas de obras para o papa durante a “época áurea” de Roma; nenhum outro artista deixou uma marca tão forte na cidade quanto ele. O projeto da praça de São Pedro de Roma é uma de suas maiores realizações arquitetônicas.

A elaboração supera a exaltação da transformação de um verdadeiro cenário onde se mistura arquitetura, escultura, pintura e luz. Ao lado da capela onde se encontra a escultura de Santa Teresa há outra capela, onde estão membros da família Cornaro, que se compadecem com a imagem da santa, como uma cena teatral.

O Êxtase de Santa Tereza, 1646-52, mármore, 350 x 138 cm, Gianlorenzo Bernini, Igreja Santa Maria della Viitoria, Roma, Itália.

Agora que você sabe mais detalhes sobre essa obra de Bernini, experimente fazer uma releitura dela ou criar um desenho ou uma escultura que represente muita emoção, utilizando o material que mais gostar.

Fotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *