A Garçonete com Cervejas, Édouard Manet

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > A Garçonete com Cervejas, Édouard Manet
A Garçonete com Cervejas, Édouard Manet

No quadro A Garçonete, uma jovem mulher que serve cerveja, o valor naturalista, psicológico e tonal da pintura de Manet, chegado já à conclusão do seu desenvolvimento artístico, é mais do que nunca evidente.

A figura emerge da multidão anônima que anima o local: homens, mulheres, cartolas e jaquetas; estendem-se em primeiro plano o perfil indiferente de um robusto fumante de cachimbo, com largas costas jogadas em tons de turquesa-branco-cinza.

O rosto da jovem apresenta uma carnação clara, vibrante, no qual olhos e boca brilham de sensualidade contida.

Os contrastes cromáticos das vestes, a reprodução rápida essencial do ambiente exaltam essa figura que se torna quase símbolo de um mundo, de um ambiente social, de uma época.

O artista retrata uma cena de café-concerto tipicamente parisiense, com pinceladas largas e rápidas. Na cena, burguês e operário estão sentados em torno de uma mesa para tomar uma caneca de cerveja e assistir ao espetáculo de uma cantora, cuja silhueta pode ser notada pela metade, à esquerda do quadro.

É o mundo ao qual Manet está para dizer adeus: em 1862, já gravemente doente, ele expõe no Salão outra pintura de ambiente: Um Bar no Folies-Bergère No ano seguinte,  já está completamente paralisado e não pode senão reproduzir com esforço as flores que os amigos lhe oferecem e o rosto da fiel serva Elisa. Ele morreu em 30 de abril de 1883.

Esta obra está exposta no Museu d’Orsay, em Paris.

A Garçonete com Cervejas, 1878-79, óleo sobre tela, 77,5 x 65 cm, Édouard Manet, Museu d’Orsay, Paris.

pincelAgora que você sabe mais detalhes sobre esse quadro de Manet, experimente criar uma composição de algum lugar famoso na sua cidade, onde as pessoas se encontrem para se divertir, usando o material colorido que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas nossas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *