Girassóis, Van Gogh

Girassóis, Van Gogh

Esta é uma de quatro pinturas dos girassóis que datam entre agosto e setembro 1888. Van Gogh pretendia usar as pinturas para decorar a sala de Gauguin, na casa amarela de Arles, no sul da França. Ele e Gauguin trabalharam juntos entre outubro e dezembro de 1888.

Van Gogh escreveu para seu irmão Theo em agosto de 1888: “Sou intenso nisso, pintando com o entusiasmo de um marselhês comendo bouillabaisse, o que não vai surpreendê-lo quando você sabe que o que eu estou pintando são alguns girassóis. Se eu levar a cabo esta ideia, haverá uma dúzia de painéis. Então a coisa toda será uma sinfonia em azul e amarelo. Estou trabalhando nisso todas as manhãs desde o nascer do sol, pois as flores desaparecem tão rapidamente. Estou agora na quarta pintura de girassóis. Este quarto é um arranjo com 14 flores … dá um efeito singular.”

As flores moribundas são construídas com pinceladas grossas (impasto). O impasto evoca a textura das cabeças das sementes. Van Gogh produziu uma réplica desta pintura em janeiro de 1889, e talvez outra no ano seguinte. As várias versões e réplicas permanecem muito debatidas entre os estudiosos de Van Gogh.

Este é, provavelmente, o quadro mais conhecido de Van Gogh, considerado uma façanha em termos técnicos, pois é quase todo pintado em amarelo. Esta cor, aliás, foi a sua favorita – preferência que se manifestou em Paris, sob a influência da arte japonesa.

Brilhante e chocante, este simples vaso de girassóis explode com uma intensa vibração. As pinceladas foram feitas com tinta espessa, que Van Gogh aplicava como um escultor aplica argila para fazer um relevo.

As cores, sombras de amarelo e marrom, e a técnica expressam um belo mundo de esperança e sol. Na época em que este quadro foi pintado, no entanto, este mundo estava escapando lenta mas inexoravelmente das mãos do pintor em desespero. Talvez a superfície do quadro, agitada, quase maníaca, reflita o estado de espírito do artista, que se aproximava do final trágico de sua vida breve.

Pintor que adorava a natureza e era capaz de enxergar pura beleza nas coisas simples, Van Gogh afirmava que preferi pintar árvores vistas através de uma janela a pintar visões imaginárias.

Holandês de nascimento, Van Gogh terminou sua vida emocionalmente carregada em 29 de julho de 1890, na cidade francesa de Auvers-sur-Oise.

Esta obra pertence ao acervo da National Gallery, de Londres.

Girassóis, 1888, óleo sobre tela, 92 x 73 cm, Vincent Van Gogh, National Gallery, Londres.

pincelAgora que você sabe mais detalhes sobre esse quadro de Van Gogh, experimente fazer uma releitura dele ou criar uma composição de flores, usando o material colorido que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas nossas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *