Alice Guy-Blanché: a História não contada da primeira cineasta do mundo

História das Artes > Portfolio > Alice Guy-Blanché: a História não contada da primeira cineasta do mundo
Alice Guy-Blanché: a História não contada da primeira cineasta do mundo
   

2020 – 103 minutos – Direção: Pamela B. Green

O documentário Alice Guy-Blaché: a História não contada da primeira cineasta do mundo retrata a biografia da primeira mulher diretora, produtora, roteirista e diretora de estúdio da história de Hollywood.

Alice Guy fez seu primeiro filme aos 23 anos em 1896 e seguiu a carreira, chegando a participar da produção de mais de 1.000 filmes.

Alice Guy-Blaché era uma bela e dinâmica jovem, quando tornou-se secretária do engenheiro e inventor Léon Gaumont. Aos 22 anos, ao acompanhar seu chefe a apresentação que os irmãos Lumière faziam, em dezembro de 1895, de sua mais nova invenção, o cinematógrafo, ela seria contaminada pela sétima arte.

Ela se casou com o britânico Herbert Blaché-Bolton e eles se mudaram para os EUA porque ele dedicava-se ao comércio de filmes.

Apesar das traições do seu marido, Alice seguiu em frente com os filhos de seu infeliz matrimônio. Até que resolveu regressar a Paris. Mas acabou seus dias nos EUA, onde morreu em 1968, aos 94 anos.

COMO CITAR:

Para citar esta página do História das Artes como fonte de sua pesquisa utilize o texto abaixo:

IMBROISI, Margaret; MARTINS, Simone. Alice Guy-Blanché: a História não contada da primeira cineasta do mundo. História das Artes, 2021. Disponível em: <https://www.historiadasartes.com/som-camera-acao/filmes/alice-guy-blanche/>. Acesso em 02 Aug 2021.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Postado em .