Escada para o Céu

Escada para o Céu
   

O filme trata sobre o projeto, que já dura mais de vinte anos, chamado Escada para o Céu do artista contemporâneo chinês Cai Guo-Qiang.

Seu conceito pirotécnico de cair o queixo envolve um fio conectivo de fogo duplo preso a um balão de ar quente à noite, com fios horizontais se conectando como degraus: quando o papel azul é aceso, uma escada de fogo parece ascender infinitamente na escuridão.

É transitório e transcendental, como muitos dos conceitos do artista. E que nem todos seus projetos e tentativas tiveram sucesso.

O pai de Cai Guo-Qiang era um talentoso pintor e calígrafo tradicional que foi oprimido durante a revolução cultural. Cai Guo-Qiang é claramente movido por alguma necessidade de restabelecer a honra da família, embora ele tenha uma relação complexa com o estado chinês. Ele tornou-se famoso na China ao conceber os fogos de artifício para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008.

Mostra como o artista descobriu sua grande paixão e como ele realiza seus projetos com grande inspiração. Além dos depoimentos de especialistas sobre a maneira como esse homem com sua visão mudou a arte contemporânea.

COMO CITAR?

Para citar o História das Artes como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

IMBROISI, Margaret; MARTINS, Simone. Escada para o Céu. História das Artes, 2020. Disponível em: <http://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/escada-para-o-ceu/>. Acesso em 01 Dec 2020.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: