O Triunfo da Cor: O Pós-impressionismo

História das Artes > Sala dos Professores > O Triunfo da Cor: O Pós-impressionismo
O Triunfo da Cor: O Pós-impressionismo

O Triunfo da Cor: O Pós-impressionismo apresenta 75 obras de 32 artistas que, a partir do fim do século 19, buscaram novos caminhos para a pintura. O grupo formado por ícones do movimento impressionista, como Van Gogh, Gauguin, Toulouse-Lautrec, Cézanne, Seurat,  Matisse, recebeu do crítico inglês Roger Fry a designação de pós-impressionista, por promoverem uma nova linguagem estética, baseada no uso intenso da cor. A curadoria é de Pablo Jimenez Burillo, Guy Cogeval e Isabelle Cahn e a mostra é uma parceria do CCBB com o Musée d’Orsay, Musée l’Orangerie e a Fundación Mapfre.

A vanguarda pós-impressionista era um grupo divido, pois havia inúmeras discordâncias entre esses artistas. Essas múltiplas visões são abordadas na mostra que se divide em 4 módulos.

O primeiro, chamado A cor científica, apresenta a obra dos artistas pontilhistas, representados pelo francês Georges Seurat. Baseado na teoria do químico Michel Crevreul sobre o efeito das cores no olhar, as obras justapõem pequenos pontos de cor, criando a ilusão de um quebra cabeças que deve ser montado pelo olhar do observador.

A segunda parte inclui uma série de obras que refletem a pesquisa realizada por Paul Gauguin e Émile Bernard, na qual a pintura passa a refletir um mundo interior.

O terceiro módulo expõe as produções do grupo Nabis, termo que significa profeta em hebraico. Liderados pelo francês Maurice Denis, os artistas defendiam uma essência espiritual da arte que seria atingida pelo uso da cor.

A última parte, intitulada A Cor em Liberdade, apresenta trabalhos que se afastam do simbolismo, num momento já de fim dos grupos de artistas e prevalecimento da individualidade.

agenda

Cultural Banco do Brasil – CCBB. Rua Álvares Penteado, 112, Centro, São Paulo. De quarta a sexta, das 9h às 22h. Entrada gratuita. Até 07/07/16. Para evitar filas, os visitantes poderão agendar sua visita pelo site do CCBB ou pelo aplicativo do Ingresso Rápido.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *