A Morte da Virgem, Andrea Mantegna

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > A Morte da Virgem, Andrea Mantegna
A Morte da Virgem, Andrea Mantegna

Muito provavelmente, o quadro fazia parte da decoração da Capela de Ludovico Gonzaga, no Castelo de San Giorgio, em Mântua, encomendado a Mantegna, em sua chegada à cidade, em 1460. O castelo foi construído por Bartolino da Novara e, torno de 1395-1400, ­aonde Ludovico tinha decidido estabelecer sua residência.

O mestre deve ter tido um pape decisivo no próprio projeto arquitetônico daquele pequeno espaço, refeito posteriormente, no século 16, com a consequente dispersão das obras pictóricas.

A parte superior do quadro foi arrancada, e o fragmento, identificado como Cristo Recebendo a Virgem, ficou conservado na Pinacoteca Nacional de Ferrara.

O episódio procede de um Evangelho apócrifo: a Virgem, deitada sobre um leito coberto de veludo carmim, é incensada e ungida pelos apóstolos, que entoam um canto fúnebre. Estes são apenas onze, já que falta São Tomás, empenhando na sua obra evangelizadora da Índia.

A energética resolução plástica, quase lenhosa, dos apóstolos e a rígida estrutura em perspectiva revelam um intenso estudo da escultura antiga e das regras da matemática e da geometria.

A partir da residência dos Gonzaga, devia desfrutar-se a mesma vita sobre o lago formado pelo Mincio e sobre a ponte de San Giorgio, fora do recinto amuralhado de Mântua, que Mantegna mostra aqui como uma janela aberta, com uma rigorosa atenção aos efeitos de luz natural e límpida solidez de cada um dos elementos da paisagem.

Esta obra pertence ao acervo do Museu do Prado em Madri.

A Morte da Virgem, c.1462, têmpera e ouro sobre madeira, 54,5 x 42 cm, Andrea Mantegna, procedência do acervo de Felipe IV, no Museu do Prado, Madri, desde 1829.

pincelAgora que você sabe mais detalhes sobre esse quadro de Andrea Mantegna, experimente fazer uma releitura dele ou criar uma cena que proporcione uma paisagem ao fundo dando a sensação de perspectiva do trabalho, use o material colorido que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas nossas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Um comentário em “A Morte da Virgem, Andrea Mantegna”.

Os comentários não representam a opinião do www.historiadasartes.com, a responsabilidade é do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *