Exposição Yolanda Penteado, Dama das Artes de São Paulo

História das Artes > Sala dos Professores > Exposição Yolanda Penteado, Dama das Artes de São Paulo
Exposição Yolanda Penteado, Dama das Artes de São Paulo

A empresária e socialite Yolanda Penteado, que teve grande influência no desenvolvimento da cena artística paulistana entre 1940 e 1960, é o tema da mostra do Museu da Cidade – Solar da Marquesa de Santos.

Casada com Ciccillo Matarrazzo, ela teve importante papel na criação do MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo (1948) e na organização das Bienais de São Paulo, tendo participado diretamente da organização das duas primeiras mostras (1951 e 1953).

Durante a organização da 1ª Bienal, Yolanda foi à Europa e aos Estados Unidos convidar pessoalmente os artistas e suas respectivas delegações. Sem os contatos sociais, a cultura refinada e o talento para relações públicas de Yolanda, a missão de convencer artistas como o francês Roger Chastel e o suíço Max Bill seria impossível. Eles não se aventurariam em um lugar desconhecido do mapa político e artístico como era São Paulo em 1951.

O sucesso da estreia contribuiu para o êxito da edição seguinte, que comemorava também os 400 anos da cidade de São Paulo. Yolanda foi responsável pela vinda da tela Guernica (1937), de Pablo Picasso. À época, era a primeira vez que esse trabalho saía do Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA). Atualmente, a tela está no Museu Nacional Reina Sofia, em Madri, na Espanha. Yolanda também trouxe, para aquela mesma bienal, obras de Piet Mondrian, Constantin Brancusi, Paul Klee, Edvar Munch e Georges Braque.

Mostra em São Paulo apresenta a obra da ativista cultural que mudou a paisagem da arte paulistana e transformou a cidade em referência artística internacional. Além de exibir a influência de Yolanda no mundo da arte, a mostra também aponta os principais episódios de sua vida.

“A criação de coleções e instituições como o Museu de Arte Moderna, o Museu de Arte Contemporânea, o Museu de Arte Assis Chateaubriand e a Bienal Internacional de São Paulo, tiveram a participação de Yolanda, que se destacou como gestora, possibilitando o intercâmbio entre artistas, mecenas e instituições” afirmam Marcos Mantoan e Alecsandra Matias de Oliveira, curadores da mostra.

Yolanda Penteado, a Dama das Artes de São Paulo. Museu da Cidade – Solar da Marquesa de Santos. Rua Roberto Simonsen, 136 – Sé – São Paulo. Aberto de terça a domingo, das 9h às 17h. Entrada gratuita. Até 10/12/2018.

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *