David Vence Golias, Caravaggio

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > David Vence Golias, Caravaggio
David Vence Golias, Caravaggio

Em princípios do século 17, a revolucionária vitalidade e natureza do estilo de Caravaggio vai não só colocar fora de jogo os mais reputados representantes do maneirismo tardio romano como suscitar um eco tão amplo que irá envolver inúmeros artistas italianos e estrangeiros em Roma e em quase toda a Europa.

A imagem bíblica aqui ilustrada refere-se à vitória do pastor David sobre o gigante Golias, líder dos Filisteus, abatido por uma pedra lançada com a ajuda de uma funda pelo jovem, que o decapitou em seguida com a sua própria espada. Este foi o sinal de ataque para os Israelitas, que desbarataram o exército inimigo.

Solitário e silencioso à luz da Lua, David afadiga-se sobre o corpo caído do gigante morto. Caravaggio não escolhe nem o momento do triunfo nem aquele que David arremessa a pedra, mas prefere refletir sobre o instante seguinte, quando, imediatamente após a execução do ato violento, o silêncio se faz em torno da morte.

As figuras emergem do fundo escuro com força, uma expressividade nunca antes vista e um realismo brutal. O artista concentra sua atenção unicamente na ação dramática co a imediatez do primeiríssimo plano  o estudado contraste de luzes e sombras, iluminado a escultural musculatura do futuro rei de Israel com reflexos brilhantes e esfumadas zonas de penumbra.

Os detalhes descritivos carregam uma evidência físcia extraordinária quase tangível, como as mãos de David, entre cujos dedos despontam as mechas de cabelos do recém-decapitado Golias.

Este quadro possui características do Barroco e pertence ao Museu do Prado em Madri.

David Vence Golias, c.1600, óleo sobre tela, 110 cm x 91 cm, Caravaggio, Museu do Prado, Madri.

pincel

Agora que você sabe mais detalhes sobre esse quadro de Caravaggio, experimente desenhar e pintar uma cena de triunfo do herói sobre o inimigo, utilizando as características do Barroco ou desenvolva sua releitura desse quadro, usando o material que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas nossas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *