São Jerônimo no Deserto, Leonardo da Vinci

História das Artes > Olho-vivo > Análise Estética > Obras Analisadas > São Jerônimo no Deserto, Leonardo da Vinci
São Jerônimo no Deserto, Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci pinta este santo ermitão pouco antes de partir para Milão. A tela não foi acabada, isto permite aos estudiosos do tema um melhor conhecimento do processo técnico e criativo do artista. O tema que representa na tela pertence à tradição iconográfica medieval. O ermitão surge perante uma gruta e junto a um leão, símbolo do santo.

Apesar de inacabada, a obra surpreende pelo seu caráter criativo de grande efeito, transmitido pelo claro-escuro e do tratamento da figura. A sua finalidade é realçar o misticismo e a espiritualidade da cena, situada simbolicamente sob um fundo tenebroso e um pouco confuso.

A figura do homem demonstra um profundo conhecimento de anatomia do seu autor. O artista é um homem de ciência, cuja fonte básica de conhecimento é a natureza. Preocupa-se pela captação fiel de gestos e atitudes, pois os estados de ânimo e a sua representação serão uma constante ao longo da sua obra.

Concebe nesta peça uma figura humana que transborda misticismo e espiritualidade. Uma tonalidade ocre e austera contribui para o mistério do tema, entrando em contraste com o verde do fundo, apenas esboçado. Todos os elementos compositivos têm como finalidade primordial conseguir uma profunda expressividade.

A escolha de um tema tradicional não impede Leonardo de o representar na tela com elevada dose de inovação. O colorido participa do espírito do quadro, que parece convidar o observador a completá-lo.Uma paisagem tenebrosa e simbólica antecipa o limite espacial da Virgem dos Rochedos.

São Jerônimo no Deserto c.1480, , óleo e têmpera, 103 x 75 cm, Leonardo da Vinci, Pinacoteca do Vaticano, Roma.

pincelAgora que você sabe mais detalhes sobre essa obra de Leonardo da Vinci, experimente desenvolver sua releitura sobre o tema ou crie uma composição com emoção das figuras,  usando o material colorido que você mais gostar.

quadroFotografe seu trabalho e compartilhe sua experiência conosco, nas nossas redes sociais, usando a #historiadasartestalento

PESSOAS QUE LERAM ISSO, TAMBÉM GOSTARAM....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: